Fifa admite que Rússia e Catar podem perder sedes nas Copas de 2018 e 2022

DOMENICOA Rússia e o Catar correm o risco de perder o direito de sediar as Copas do Mundo de 2018 e 2022 se ficar provado que a escolha dos dois países foi feita “apenas graças à corrupção”, admitiu Domenico Scala, presidente do comitê de auditoria da Fifa. Domenico afirmou que se existirem provas de que Catar e Rússia obtiveram ‘as sedes das Copas’ apenas graças a votos comprados, essas decisões poderão ser invalidadas.

O futebol mundial foi sacudido na semana passada por um terremoto, com um gigantesco esquema de corrupção denunciado pela justiça americana, que mandou prender sete altos dirigentes na última quarta-feira, em Zurique, entre eles o brasileiro José Maria Marin, ex-presidente da CBF.