Identificado o servidor que atirou em promotores na sede da Procuradoria-Geral de Justiça

Imagens mostram Guilherme dentro do prédio da Procuradoria – (Foto: Blog do BG)

O homem que atirou contra os promotores Jovino Pereira da Costa Sobrinho (Procurador-Geral Adjunto) e o Wendel Beethoven Ribeiro Agra, (atualmente estava lotado no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco), foi identificado como Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos. Ele estava afastado e invadiu uma reunião no segundo andar do prédio e efetuou os disparos.

Após o atentado, o homem fugiu em direção ao estacionamento da Procuradoria que fica localizada no Bairro de Candelária, Zona Sul de Natal. Lá, foram ouvidos novos disparos de arma de fogo. O servidor, Guilherme Wanderley, deixou o local em um veículo Polo Sedan de cor prata, placa MZM-7254.

Policiais militares, civis e até membros do GAECCO estão em diligências para tentar prender o suspeito.