Imagens do carro-forte atacado na RN 203 mostra poderio bélico de quadrilha