Please enter banners and links.


Internos do Ceduc de Caicó rasgaram e queimaram colchões na unidade

Colchões foram rasgados e queimados no Ceduc de Caicó

Pelo menos três internos do Ceduc de Caicó, que já são maiores de idade e que estavam cumprindo medida sócio-educativa na unidade, praticaram há cerca de 15 dias, o que foi classificado pelo interventor judicial da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente – Fundac, Ricardo Cabral, como “bagunça”. Eles rasgaram e queimaram os colchões.

Nesta quarta-feira (06), o blog ligou para Cabral e o indagou sobre um motim na unidade de Caicó, mas, ele tratou de retrucar dizendo que o que houve foi uma “bagunça”. E continuou afirmando que, imediatamente, os três jovens foram conduzidos para a Delegacia de Polícia aonde foram autuados por crimes de dano ao patrimônio público.

Do trio, dois pagaram fiança e retornaram para o Ceduc enquanto um deles (que é suspeito de ter participação na morte do empresário caicoense Sevi) seguiu para um Centro de Detenção Provisória – CDP e os alojamentos estão com colchões novos.