Itep confirma que corpo encontrado em Natal era de menino de 8 anos desaparecido desde outubro

Marcos Brandão, diretor do ITEP fez o anúncio de que o corpo era do garoto José Carlos – (Foto: Sérgio Henrique Santos)

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) confirmou que o corpo encontrado enterrado em uma área de mata na Zona Norte de Natal, na quinta-feira (12), é do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, que estava desaparecido desde 21 de outubro na capital potiguar. A confirmação foi oficializada nesta terça-feira (17), após exames de DNA.

Os peritos compararam uma amostra da ossada com uma amostra colhida da mucosa da boca da mãe e confirmaram que os ossos eram do garoto. Ainda de acordo com o Itep, os técnicos ainda deverão fazer uma comparação com uma mancha de sangue encontrada em uma folha, no local onde a ossada foi encontrada.

Segundo o diretor geral do Itep, Marcos Brandão, o resultado do exame será acrescentado ao laudo sobre a morte de José Carlos. Ainda de acordo com ele, equipes ainda trabalham com antropologia forense para tentar identificar a causa da morte da criança. Os peritos analisam a ossada para tentar identificar possíveis fraturas, por exemplo.

De acordo com Brandão, a amostra do DNA da criança ainda ficou armazenada, para ajudar nas investigações, caso seja necessário. Ele não informou, porém, quando o corpo deverá ser liberado para a família fazer o sepultamento. “É um trabalho muito minucioso. O corpo vai ser liberado com o esgotamento de todos os exames que possam elucidar o caso“, afirmou.

O diretor afirmou que as roupas encontradas junto ao corpo passaram por exame de luz forense, que pode identificar, por exemplo, manchas de sangue ou sémen. “Ainda não sei a resposta. Mas se algo foi encontrado, passará também por exame de DNA“, afirmou.

A investigação feita pela Polícia Civil corre em segredo. Procurada pelo G1, a corporação informou que ninguém foi preso como suspeito pela morte da criança.

G1/RN