ITEP tenta identificação de corpo carbonizado através da arcada dentária

Os odontólogos forenses do Instituto Técnico e Científico de Polícia – ITEP, descartaram na manhã desta quarta-feira (08), fazer a identificação do corpo que foi encontrado carbonizado dentro um veículo Cross Fox, na zona rural de São Fernando/RN, através de impressões digitais.

O assessor de comunicação do órgão, Thiago Medeiros, “o fogo queimou praticamente tudo, o que impossibilitou que a identificação seja feita por digitais“, disse.

O próximo passo dos peritos é tentar identificar através da arcada dentária. Feita avaliação inicial, a equipe encontrou apenas 1 dente e pode ser que este seja suficiente. Os demais dentes ficaram prejudicados por causa do fogo intenso no local. Ainda nesta quarta-feira, se for possível será anunciada a identificação do corpo. Outra possibilidade é que seja necessário que seja feita através de DNA. Nesse caso, o material coletado será enviado para Salvador/BA.