Junina Caiacós vai mostrar os mitos e lendas de Caicó no Festival de Quadrilhas

Junina Caiacós se apresenta na Ilha neste domingo

Dentro da programação da EXPOCAICÓ, o Festival de Quadrilhas Juninas será atração neste domingo (10), no ginásio Nonozão, na Ilha de Sant’Ana, a partir das 19 horas, e uma das novidades do evento é a estreia da quadrilha Junina Caiacós. A apresentação está prevista para começar às 20 horas.

A Junina traz três músicas autorais, onde se destaca uma paródia criada pelo músico e marcador Inácio Sérgio, baseada na música Porto da Saudade, cantada por Elba Ramalho: “oh mana deixa eu ir/ oh mana eu vou só/ oh mana deixa eu ir para o sertão de Caicó”.

A gente está fazendo um trabalho bem construtivo e trazemos um contexto histórico homenageando a cidade de Caicó com o tema: “Mitos e Devoção na História de Caicó, contada no São João”. A Junina Caiacós tem 28 pares num total de 56 quadrilheiros e com a direção e produção a estrutura conta com 100 pessoas envolvidas nesse projeto cultural”, disse Alex Soares, coordenador da Junina Caiacós.

Ele confirma que a quadrilha vai participar de grandes festivais juninos no Rio Grande do Norte, com destaque para as cidades de Monte Alegre, Mossoró, Serra Caiada, Assú, Currais Novos, entre outras cidades.

Lequinho enfatiza que a Junina Caiacós é formada por um grupo de voluntários e tem o apoio de parceiros, incluindo o Município de Caicó. A Junina já é uma Associação formalizada e terá várias atividades durante o ano, onde será feito um cronograma a partir de um planejamento que será elaborado. “Além de manter a tradição junina, a nossa quadrilha vai desenvolver várias ações nas comunidades, pois o nosso perfil congrega a diversidade dos bairros, com jovens na faixa etária de 14 a 35 anos”, afirmou.

O marcador da quadrilha Junina Caiacós, Inácio Sérgio, enfatizou que participou durante 16 anos de quadrilhas juninas em outras cidades e agora terá a oportunidade de mostrar o seu trabalho na cidade de Caicó. “O grupo é muito entrosado e conta com um bom elenco de dançarinos e com uma produção que torna a Junina Caiacós bastante competitiva. Vamos mostrar a origem da cidade com mitos, lendas e o nosso sertão”, revelou ele.