Júnior Santiago participa de encontro sobre a situação da criança e adolescente foi realizado em João Pessoa

Júnior Santiago participou de evento em João-Pessoa

As Aldeias Infantis SOS Brasil, organização humanitária internacional, em comemoração aos seus 50 anos de presença no Brasil e 30 em João Pessoa realizou o “I Encontro sobre a Situação da Criança e Adolescente de João Pessoa – Qualidade é o que conta!”, ontem, dia 30 de agosto, em João Pessoa (PB). No evento, foram apresentados dados sobre o nível de vulnerabilidade de comunidades, famílias e crianças no município, com o objetivo de reverter essa situação.

Muito embora existam políticas públicas de proteção a crianças e adolescentes, o poder público e a sociedade ainda apresentam dificuldades no que se refere a sua implementação efetiva para promover um impacto real na vida das crianças, adolescentes e suas famílias. Por isso, o tema de convocação para o debate é “Qualidade é o que conta!”.

Os dados tem como base um diagnóstico realizado pela organização em 2016 no município, que analisa três eixos interconectados: o desenvolvimento socioeconômico e cultural do município; a atuação do sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes e; a realização de serviços diretos ou indiretos realizados no território.

No estudo há um levantamento das comunidades vulneráveis no município, as condições de vida das crianças e suas famílias, assim como a estruturação, presença e atuação da rede de proteção social, exercido pelo poder público ou organizações sociais”, explica a gestora do Programa de João Pessoa, Anna Felix.

Este Encontro servirá como estratégia de mobilização e incidência da organização no território de João Pessoa. Além disso, a organização espera trazer para a discussão a Agenda 2030 e como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) podem ser oportunos para traçar diretrizes e mobilizar toda a comunidade na proteção das crianças e adolescentes do mundo. A partir das práticas e dados será possível então, criar uma agenda comum e a formulação de uma carta aberta em proteção das crianças e adolescentes de João Pessoa.

Gestor das Aldeias Infantis no RN, Francisco de Assis Santiago Júnior, também destacou a importância do evento. “Foi de extrema importância este evento na capital da Paraíba pois tivemos a oportunidade de entrelaçar as nossas ideias e difundir ainda mais a política de proteção à criança e ao adolescente. Estão tods de parabéns pela realização do evento”.