Magão reivindica prédio da Fundac para criar a ESCOLA DE CARNAVAL em Caicó

Magão reivindicou o antigo prédio da FUNDAC para criar a Escola de Carnaval – foto: Paulo Júnior
Magão reivindicou o antigo prédio da FUNDAC para criar a Escola de Carnaval – foto: Paulo Júnior

Em recente reunião com representantes da Fundação José Augusto, o carnavalesco Ronaldo Batista de Sales (Magão) pediu que o artista popular Francisco Maguila entregasse um ofício ao governo do Estado, onde reivindica o antigo prédio da Fundac, que está atualmente fechado e abandonado, para que a ONG do Magão passe a ocupar o referido espaço para criar a Escola de Carnaval.

Magão concedeu entrevista ao repórter Paulo Júnior (Jornal Correio do Seridó) e confirmou que tem interesse em ocupar o espaço do prédio onde funcionou a Fundac.

“Faz tempo que a gente não tem uma sede e nós começamos a reivindicar aquele prédio da Fundac, pois a gente queria fazer uma Escola de Carnaval. O Ala Ursa precisa ter um espaço para realizar os trabalhos sociais e a Escola de Carnaval. Quando o turista chega em Caicó e quer conhecer o Ala Ursa, ele não sabe onde fica o bloco, pois não temos uma sede própria. Espero que o governo do Estado seja sensível ao nosso pedido e nos conceda aquele espaço para dinamizarmos ainda mais a cultura da cidade”, disse Magão, acrescentando que a cultura de Caicó vive um novo momento.