MEC promove nesta terça (6) Dia D para debater a Base Nacional Comum Curricular

Aprovada e homologada no fim do ano passado, a Base Nacional Comum Curricular ainda gera dúvidas em milhões de professores e estudantes da educação infantil e fundamental. Por isso, o Ministério da Educação (MEC), o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime) promovem nesta terça-feira (6) discussões pelo Brasil para explicar a estrutura e as competências da diretriz. A ação ficou marcada como o Dia D de Discussão da BNCC.

Representantes das secretarias estaduais e municipais de educação e de escolas, além de professores, vão participar da mobilização nacional. Entre as atividades previstas estão apresentações informativas e dinâmicas, visando ao engajamento dos profissionais da educação no processo de concretização do currículo comum.

A Base Nacional Comum Curricular foi homologada em 20 de dezembro do ano passado. O documento, que apresenta os conhecimentos, competências e habilidades considerados essenciais no processo de aprendizado dos estudantes brasileiros ao longo da educação básica, servirá como referência para a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares estaduais e municipais.

O documento que já está em vigor trata apenas das diretrizes para os currículos das escolas de educação infantil e ensino fundamental. A base para o ensino médio deverá ser enviada pelo Ministério da Educação ao Conselho Nacional de Educação até o fim de março.