Médico geriatra, Dr. Belisio Neto orienta sobre Coronavírus em idoso

Médico Geriatra e professor do curso de Medicina da UFRN-EMCM, Dr. Belisio Neto, encaminhou nota ao blog orientando a população sobre os riscos e os cuidados com o Coronavírus nas pessoas idosas.

Dr. Belisio Neto informa que, de acordo com um artigo publicado pelo jornal americano, o The New York Times, o maior índice de mortalidade do Coronavírus foi e está sendo entre os idosos. “Em média, os afetados teriam 75 anos de idade. E um motivo importante a respeito desse fato é também o envelhecimento do sistema imunológico nos idosos (imunossenescência), diminuindo sua capacidade combater as infecções. Como resultado, ocorre um aumento, de modo geral, da incidência de doenças infectocontagiosas em idosos como a gripe, pneumonia, diarreia, infecções urinárias e claro, do coronavírus. Além disso, os idosos frequentam mais os serviços de saúde, aumentando ainda mais o risco de serem infectados; e possuem maior número de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, doenças no coração, pulmão, rim etc, que os tornam ainda mais vulneráveis”, acrescenta.

O médico alerta, ainda, que em um momento como esse devem ser tomados os seguintes cuidados especiais com os idosos, pois tal público acaba sendo o mais vulnerável: hidratação, ingerir de 2 a 3 litros de água por dia; dieta balanceada, manter rigorosamente os tratamentos para doenças como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas e pulmonares; diminuir contatos interpessoais, como visitas, idas desnecessárias a hospitais e outros serviços de saúde; como também evitar o compartilhamento de utensílios de uso pessoal. Dr. Belísio orienta também para que os cuidadores de idosos evitem contato com o idoso, caso haja sintomas gripais, e que intensifiquem a lavagem das mãos, uso de álcool gel e manter-se saudáveis.