Michel Temer alerta Dilma que governo deve ‘ouvir mais do que falar’ e ‘servir’

Este foi o primeiro encontro em que Dilma e Temer conversaram pessoalmente em 2016 – Foto: Divulgação
Este foi o primeiro encontro em que Dilma e Temer conversaram pessoalmente em 2016 – Foto: Divulgação

O vice-presidente Michel Temer destacou nesta quarta-feira (20) que o governo “precisa ouvir mais do que falar” e “reativar o conselhão” para que os diversos setores da economia apresentem soluções paraajudar a superar a crise que assola o país.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o alerta de Temer foi dado a presidente Dilma Rousseff.

O vice acredita que o Palácio do Planalto deve adotar “outra postura” e mostrar que está disposto “a ser mais servo” do que dar ordens.

A reportagem refere que a presidente respondeu a declaração do vice, disse que vai seguir a proposta e reconvocar neste início de ano o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, formado por empresários e outraslideranças da sociedade.

Porém, Dilma considerou que, de acordo com o relatório do FMI (Fundo Monetário Internacional), o Brasil não é o única país afetado pela crise.

A presidente entende que isso é, de certa forma, um “ponto positivo” para estimular a recuperação no país.

A Folha destaca que este foi o primeiro encontro em que Dilma e Temer conversaram pessoalmente em 2016. A reunião ocorreu no gabinete da presidente, edurou uma hora e meia. Os dois estiveram sozinhos apenas 15 minutos.