Microempreendedores poderão receber auxílio em 5 dias úteis

Microempreendedores Individuais (MEI) já podem solicitar o auxílio emergencial do governo federal como ajuda para minimizar o impacto do novo coronavírus (Covid-19) aos pequenos negócios no país. O pedido pode ser feito pela internet. No Brasil, são quase 10 milhões de microempreendedores, sendo mais de 126 mil somente no Rio Grande do Norte. O Pagamento já começa na próxima quinta-feira (9)

Para ter acesso ao benefício, o empreendedor deve preencher a solicitação pelo site https://auxilio.caixa.gov.br/ ou aplicativo e preencher os dados. Caso confirmado, o recurso, que varia de R$ 600 a R$ 1,2 mil (em caso de mulher provedora da família,) será liberado em até cinco dias úteis e será pago durante três meses se o empreendedor cumprir os requisitos. Dúvidas e informações podem ser obtidas pelo telefone 111, linha disponibilizada pela Caixa.

O valor poderá ser acumulado por até dois membros de uma mesma família, chegando a R$ 1.200.  Para receber o auxílio, o MEI deve ser maior de 18 anos, não ter emprego formal e possuir renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou de até meio salário mínimo (R$ 522,50) por pessoa.

O MEI também não pode receber benefício previdenciário (aposentadoria, auxílio doença etc.), seguro-desemprego ou benefício de outro programa de transferência de renda federal, a não ser o Bolsa Família. Se receber o Bolsa Família, o trabalhador receberá o benefício de maior valor de forma automática. Também não pode ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, em 2018.