Morada da Memória Elino Julião: ingressos gratuitos esgotaram em menos de duas horas

Ingressos gratuitos para o Morada da Memória Elino Julião esgotaram em menos de duas horas

Os ingressos gratuitos para o espetáculo Morada da Memória Elino Julião, marcado para o dia 1º de junho, no Teatro Riachuelo, em Natal, foram disponibilizados na manhã desta terça-feira (23), no site do evento (www.moradadamemoria.com.br/elino-juliao), e foram esgotados em menos de duas horas. O segundo lote estará disponível somente no dia do espetáculo, a partir das 12h, na bilheteria do Teatro. Cada CPF dará direito a dois ingressos.

As pessoas que já fizeram a reserva pelo site do projeto devem agora atentar à retirada, que acontecerá nos dias 26 e 27 de maio, no horário das 14h às 18h, no Morada da Paz São José. No momento da entrega, será realizada a campanha “Faça o Bem”: para participar,basta levar 1kg de alimento não perecível. As doações arrecadadas vão beneficiar entidades de assistência a crianças carentes de Timbaúba dos Batistas, cidade de nascimento de Elino Julião.

O espetáculo inédito em homenagem a Elino Julião terá participação da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte e de grandes nomes da música potiguar, como os cantores Isaque Galvão, Khrystal, Alessandra Macêdo, Sibelle de Luna, o trio Os Forrozêros e Araken Batista, filho do artista homenageado.

No site www.moradadamemoria.com.br/elino-juliao, já é possível acessar todas as informações sobre o projeto, conhecer a história de Elino Julião, conferir entrevistas exclusivas concedidas por personagens ilustres que relembraram momentos icônicos do artista, baixar um e-book, além de fotos, vídeos e ainda o repertório do espetáculo.

O projeto está sendo viabilizado por meio de patrocínio da Prefeitura do Natal e do cemitério e crematório Morada da Paz, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão, com apoio cultural da Opus e do Teatro Riachuelo e produção da Mapa Realizações Culturais.

Sobre Elino Julião

Conhecido pela forte ligação com a cultura nordestina, sobretudo a da região do Seridó potiguar, Elino Julião nasceu no município de Timbaúba dos Batistas, à época ainda Caicó, em 13 de novembro de 1936. Encantado com o mundo musical na infância, mudou-se para Natal antes da maioridade, onde descobriu os programas de calouros na antiga Rádio Poti. Em uma de suas apresentações, ganhou o reconhecimento do paraibano Jackson do Pandeiro e migra para o Rio de Janeiro. Logo depois, deslanchou no mundo artístico compondo e cantando o autêntico forró pé de serra do sertão nordestino, levando com originalidade e alegria a cultura e as tradições populares do Nordeste por mais de quatro décadas. Julião morreu em 20 de maio de 2006 e está sepultado no cemitério Morada da Paz, em Emaús.