Please enter banners and links.


Morada da Paz homenageia cantor e compositor Elino Julião com espetáculo no Teatro Riachuelo

Morada da Paz homenageia cantor e compositor Elino Julião com espetáculo no Teatro Riachuelo – (FOTO: Rodrigo Sena)

O cemitério e crematório Morada da Paz, dentro de sua filosofia de apoio à cultura, e a Prefeitura do Natal apresentam o projeto Morada da Memória Elino Julião, que está resgatando a memória do cantor e compositor potiguar que dá nome ao projeto. A iniciativa terá como ponto alto o espetáculo inédito, a ser realizado no Teatro Riachuelo, em Natal, no dia 1º de junho de 2017, às 20h, com a participação da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) e grandes nomes da música potiguar, como os cantores Isaque Galvão, Khrystal, Alessandra Macêdo, o trio Os forrozeiros e Araken Batista, filho do artista homenageado.

“Na Sombra do Juazeiro”, “Cofrinho de Amor”, “​São João Alegre”, “O Burro” e “Relampiou” serão algumas das canções memoráveis que vão embalar a noite, conduzida pelos 60 componentes da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN). Além das músicas, o espetáculo buscará envolver o público na biografia de Elino, contando também com momentos de dramaturgia com participação do ator Rodrigo Bico, e ainda apresentações de dança. O espetáculo conta com direção artística de Tatiane Fernandes e direção musical do maestro da OSRN, Linus Lerner, e de Willames Costa.

O projeto está sendo viabilizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão, da Prefeitura do Natal, apoio cultural da Opus e do Teatro Riachuelo e produção da Mapa Realizações Culturais. Serão disponibilizados ingressos gratuitos ao público em geral, mediante reserva prévia no site www.moradadamemoria.com.br/elino-juliao, nos dias 23 e 24 de maio, ou enquanto durar o lote. Na página, também será possível acessar todas as informações sobre o projeto, conhecer a história de Elino Julião, conferir entrevistas exclusivas concedidas por personagens ilustres que relembraram momentos icônicos do artista, além de fotos, vídeos e ainda o repertório do espetáculo.

Apoiar e desenvolver ações como esta faz parte da proposta do Grupo Vila de perpetuar a memória de quem faz a história e a cultura potiguares, resgatando e valorizando figuras que se destacaram no Rio Grande do Norte. O diretor Eduardo Vila reforça que a história de Elino Julião merece esse destaque e sua memória deve ser sempre enaltecida. “Sempre fazemos questão de apoiar projetos que valorizam e resgatam a memória do povo potiguar, porque acreditamos que essa também é a nossa missão: preservar a história das pessoas”, declarou.

O projeto também conta com viés social por meio da campanha “Faça o Bem”, que convida o público a doar 1kg de alimento não perecível no momento da entrega dos ingressos às pessoas que fizeram reserva no site, que ocorrerá nos dias 26 e 27 de maio, das 14h às 18h, no Morada da Paz São José. As doações arrecadadas vão beneficiar entidades de assistência a crianças carentes de Timbaúba dos Batistas, cidade de nascimento de Elino Julião.

Sobre Elino Julião

Conhecido pela forte ligação com a cultura nordestina, sobretudo a da região do Seridó potiguar, Elino Julião nasceu no município de Timbaúba dos Batistas, em 13 de novembro de 1936. Encantado com o mundo musical na infância, mudou-se para Natal antes da maioridade, onde descobriu os programas de calouros na antiga Rádio Poti. Em uma de suas apresentações, ganhou o reconhecimento do paraibano Jackson do Pandeiro e migra para o Rio de Janeiro. Logo depois, deslanchou no mundo artístico compondo e cantando o autêntico forró pé de serra do sertão nordestino, levando com originalidade e alegria a cultura e as tradições populares do Nordeste por mais de quatro décadas. Julião morreu em 20 de maio de 2006 e está sepultado no cemitério Morada da Paz, em Emaús.