Município de Caicó e Sebrae discutem modernização da feira livre

Feira Livre de Caicó foi discutida em reunião no Sebrae

A feira livre é um importante centro de comercialização e interação entre pessoas do campo e da cidade, e tem uma dimensão econômica, social e cultural. A necessidade de organização do espaço público e de valorização da agricultura familiar levaram o Município de Caicó e o Sebrae a iniciarem uma discussão sobre a modernização da feira livre.

Em Caicó, a feira livre reúne aproximadamente 300 feirantes, explicou o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marco Pinto, durante reunião realizada na manhã dessa quinta-feira (01) com a analista da Unidade de Acesso a Mercados do Sebrae, Jéssica Barros. Também estiveram presentes a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caicó, Ana Aline Morais, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Diego Vale, e da equipe do escritório do Sebrae Caicó, Pedro Medeiros, Ana Débora e José Rangel.

O Sebrae auxiliará o Município no que tange à capacitação dos feirantes e estruturação do projeto da feira. “A primeira etapa será a visita técnica para diagnóstico da feira. Em seguida, o Sebrae apresentará o relatório e sugestões de melhorias estruturais. A terceira etapa é a realização de oficinas com os feirantes e poder público para construção do Plano de Ação para modernização da feira livre”, detalhou Jéssica Barros.

Além da valorizando da agricultura familiar, a feira livre é importante por destacar os traços culturais de cada localidade. “É preciso criar o hábito nas novas gerações de visitar a feira livre. O objetivo é o de fortalecer a atividade comercial e garantir maior comodidade aos consumidores”, destacou o secretário Diego Vale.