Nova Defensora Pública-Geral do Estado será empossada nesta segunda

Defensora Pública Renata Alves Maia toma posse nesta segunda
Defensora Pública Geral Renata Alves Maia toma posse nesta segunda – (FOTO: Erik Dias)

A defensora pública Renata Alves Maia assume, nesta segunda-feira (11), o cargo de Defensora Pública Geral do Estado. A posse acontece durante a realização da 63ª Sessão Extraordinária do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN), às 17h, no auditório da Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, no Centro Administrativo do Estado.

A defensora Renata Maia ingressou na Defensoria Pública do Estado em 2008, após ser aprovada em concurso para a carreira de Defensor Público. Em novembro de 2015, ela foi escolhida pelos defensores públicos para assumir a chefia da instituição nos próximos dois anos, sendo nomeada pelo governador Robinson Faria em dezembro. Além do cargo de Defensora Pública-Geral, Renata Maia assume também a presidência do Conselho Superior da DPE-RN.

Durante seu mandato, a nova chefe da Defensoria Pública irá trabalhar na busca pelo crescimento e fortalecimento da instituição. Entre as prioridades da nova gestão, Renata Alves destaca a ampliação do número de defensores públicos e a criação de novo núcleos especializados, além da ampliação e estruturação dos núcleos já existentes na DPE-RN.

A nova Defensora Geral também demonstra interesse em capacitar e garantir melhores condições de trabalho tanto para os defensores públicos, quanto para os servidores da Defensoria. Para isso, a instituição irá garantir apoio na participação de cursos de capacitação e, principalmente, deverá encaminhar, à Assembleia Legislativa do Estado, o plano de cargos da instituição.

Outra medida importante para a Defensoria Pública será a implementação do Planejamento Estratégico, com reflexo direto na melhoria da qualidade do atendimento à população. Além disso, Renata Maia pretende fortalecer as relações institucionais com órgãos dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Norte (Adpern), buscando o diálogo permanente com as instituições.