Novo Sistema de Segurança do TJRN será levado para unidades judiciárias do interior

O novo sistema de segurança eletrônica do Fórum Miguel Seabra Fagundes foi inaugurado em 8 de agosto. Dentro de 20 dias mais cinco unidades vão receber as novidades: o edifício sede do Tribunal, Central de Flagrantes da Ribeira, Fórum Varela Barca (Zona Norte), Fórum Desembargador Silveira Martins (Mossoró) e o Fórum Desembargador Félix de Araújo Bezerra Galvão (Nísia Floresta). Essa primeira etapa de instalação custou R$ 3,4 milhões. Os recursos empregados nesse projeto são destinados, em paralelo, à aquisição de monitores e a capacitação dos agentes de segurança do Gabinete de Segurança Institucional do TJRN, além de investimentos em comunicação, armamento e equipamento de proteção individual.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte também vai investir na segurança das comarcas de Caicó, Tangará, Goianinha e São Gonçalo do Amarante. Serão destinados R$ 800 mil na tecnologia que começará a ser instalada durante o decorrer de outubro. O Tribunal prevê ainda investimentos em Macaíba, Pau do Ferros, Parnamirim e Nova Cruz. Nessas comarcas, além das câmeras de segurança, serão implantados dispositivos de controle de acesso e o sistema de biometria em corredores privativos dos prédios.

Com previsão orçamentária confirmada em 2017, o TJ também trabalha com estimativa de instalação em outras 20 comarcas, das quais 11 terão vigilância armada 24 horas e controle de acesso. “Esse novo sistema de segurança vai melhorar significativamente a segurança dos servidores, magistrados e jurisdicionados, além de garantir proteção aos bens, processos e equipamentos nas edificações”, analisa o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, coronel André Azevedo.