Números mostram o sucesso dos testes para a Rio 2016

Triatlo foi uma das 44 modalidades que tiveram um evento-teste realizado no Rio de Janeiro/Foto: Rio 2016/Alex Ferro
Triatlo foi uma das 44 modalidades que tiveram um evento-teste realizado no Rio de Janeiro/Foto:
Rio 2016/Alex Ferro

Desde agosto de 2014 até o último sábado (21), o Rio de Janeiro realizou 44 eventos-teste para os Jogos Rio 2016. As competições serviram para avaliar as áreas de competições e a logística envolvida nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, de modo que todos os detalhes fossem acertados para as duas competições que pela primeira vez serão realizadas na América do Sul.

Os números gerais dos 44 eventos-teste dão uma amostra do que o Rio de Janeiro viverá entre os dias 5 e 21 de agosto, período dos Jogos Olímpicos; e entre 7 e 18 de setembro, quando serão disputados os Jogos Paralímpicos.

No total, os eventos-teste reuniram 7 mil atletas, 6 mil funcionários e 11,5 mil voluntários. Todos ajudaram a avaliar e aprovar as instalações esportivas que serão usadas nas competições a partir de agosto. “Vamos com segurança para os Jogos”, diz o diretor executivo de Esportes do Comitê Rio 2016, Agberto Guimarães.Agberto compara o trabalho do Comitê Rio 2016 ao de um atleta em competição: “Só melhoramos resultados se treinarmos muito, até automatizarmos os movimentos. Nos testes, além das equipes próprias de cada local, participaram pessoas de outros esportes, para termos um entendimento melhor e geral do que pode ser feito em várias situações”.

A quantidade e a diversidade do que foi avaliado levaram a um grande aprendizado para o Comitê Rio 2016, de acordo com Agberto Guimarães. “Tivemos problemas, sim, mas que acabaram nos ajudando. Tomo o BMX como exemplo. A equipe operacional reagiu rapidamente e em 12 horas entregamos a pista em condições para os atletas. Nosso objetivo é entregar um serviço com o nível de exigência de Jogos Olímpicos e Paralímpicos.” Fonte: Brasil 2016