Oito pacientes são diagnosticados com o novo vírus no Rio Grande do Norte

Oito casos do Zika, nome do novo vírus no Brasil e transmitidos pelo mesmo mosquito da dengue e Chikungunya, foram confirmados no Rio Grande do Norte. Os sintomas da doença são parecidos com o da dengue e chinkungunya. Ao todo, 21 casos suspeitos foram analisados no estado.

O vírus faz com que os pacientes apresentem  dores no corpo, febre, náuseas e diarreia. Porém, os pacientes infectados também podem apresentar hipersensibilidade à luz, conjuntivite e erupções na pele, por qualquer parte do corpo.

Os sintomas são sentidos após o período que pode variar entre três e 12 dias, mas duram entre quatro e sete dias. O Zika é considerado menos inofensivo do que o vírus da dengue. No País ainda não houve registro de mortes motivadas pela doença. Estão em investigação ainda casos suspeitos no Maranhão, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e Rio de Janeiro.