Presos de Caicó, também querem a saída de Dinorá Simas da direção de Alcaçuz

Os presos do presídio de Caicó, estão sob controlo. Eles estão todos enfileirados no pátio da unidade e esperam a Polícia Militar e os agentes realizarem revista.

Os presos quebraram grades e queimaram colchões por volta das 7hs.

Com a entrada na Unidade, os presos foram controlados e relocados no pavilhão “C”, até que seja feito o conserto das grades danificadas.

Os presos reivindicam, também, a saída de Dinorá Simas, da direção do Presídio de Alcaçuz. “É uma ação solidária dos presos com os companheiros que estão em Nísia Floresta. Outro pedido, é que seja cumprida a data base para progressão de regime”, disse, Rodrigo Lira, Defensor Público, que está no local.

Presídio de Caicó, com presos rebelados desde às 7 horas da manhã desta terça-feira
Presídio de Caicó, com presos rebelados desde às 7 horas da manhã desta terça-feira



Sem categoria

Polícia Civil efetua três prisões de suspeitos; eles atiraram contra veículo alternativo

Na manhã desta terça-feira (17) policiais civis prenderam, por volta das 5 horas, dois elementos que haviam acabado de atirar em um alternativo, possivelmente para tentar tomá-lo de assalto e incendiá-lo.

Com a dupla foram apreendidos um revólver, cinco cartuchos intactos e um deflagrado, pedras de Crack e 60 reais. Os dois são criminosos conhecidos: João Maria da Silva Lucas, que cumpriu pena por homicídio e Genilson Freitas Gomes, vulgo “Caveirinha”.

Já na tarde de ontem (16), Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim prenderam Alexsandro Faustino do Nascimento, 22 anos, com ele foram apreendidos uma espingarda calibre 12 e dois revólveres calibre 38.




Sem categoria

Polícia apreende drogas e material que seria usado em fuga de presos

Do G1/RN – Uma operação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizada na área residencial de Alcaçuz, em Nísia Floresta, no final da tarde desta segunda-feira (16) resultou na apreensão de 136 quilos de maconha. Além da droga, os policiais também apreenderam oito celulares que seriam atirados para dentro do presídio estadual de Alcaçuz, duas balanças de precisão e materiais como sacos de estopa, cordas, bocais e lâmpadas, que, segundo a PM, seriam utilizados na construção de um túnel para fuga da unidade prisional.

“Por conta das rebeliões que vêm acontecendo, nós intensificamos o patrulhamento na região de Alcaçuz. Realizamos várias abordagens naquela área e conseguimos encontrar todo o material que seria utilizado para fazer um túnel, além de 136 quilos de maconha”, confirmou o tenente Queiroz, do BPChoque.

Ainda segundo o tenente, quatro pessoas foram detidas em Alcaçuz e a abordagem terminou no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal, onde outras duas pessoas foram presas. Todos os seis detidos, além do material apreendido, foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, no bairro de Candelária, em Natal.

Droga apreendida em Nísia Floresta
Droga apreendida em Nísia Floresta



Sem categoria


Agentes penitenciários de folga são convocados para atuarem nas unidades em crise

Os agentes penitenciários que estão de folga foram convocados para aturem nas unidades prisionais que estão em crise. A solicitação foi feita pelo próprio Sindicato da categoria, o Sindasp-RN, durante assembleia nesta segunda-feira. Vários presídios e CDPs sofrem com onda de rebeliões.

A própria categoria decidiu adotar esse procedimento como forma de ajudar e proteger uns aos outros. Diante do baixo efetivo e falta de materiais adequados, temos que nos unir para garantir o mínimo de ordem possível dentro das unidades e resguardar a segurança dos agentes penitenciários”, afirma Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN.

De acordo com ela, os agentes penitenciários estão dispostos a atuarem em conjunto nas ações do Governo do Estado. “Sempre fizemos de tudo, muito além das condições que nos são dadas, e agora não será diferente. Agora, para isso, é preciso que o Governo do RN repense as prioridades e inclua o Sistema Penitenciário na pauta de reestruturação imediata, bem como os anseios dos servidores do sistema prisional. Se a situação chegou ao quadro de calamidade, não foi por falta de aviso”, completa.

A presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários ressalta que é possível sim se ter ordem e organização dentro de um presídio, mas para isso, é preciso efetivo, material de trabalho e valorização profissional.

A função de agente penitenciário é considerada a segunda mais perigosa do mundo e a mais estressante. Casos como os que vêm sendo registrados nas unidades desde a semana passada colocam os agentes acima do limite.

“A saúde física e mental dos agentes se comprometem e isso pode refletir no trabalho dele no dia a dia, tendo em vista que o Estado não oferece nenhum tipo de assistência ou acompanhamento”, declara Vilma Batista.




Sem categoria

Presos seguem rebelados no Presídio de Caicó

Os presos da Penitenciária Estadual do Seridó, estão rebelados desdes as primeiras horas da manhã desta terça-feira (17). Os rebelados estão nos Pavilhões B e C da unidade.

Outra informação que chega ao Blog Sidney Silva, dá conta que cerca de 200 presos estão chegando ao Centro de Detenção Provisória de Parelhas, oriundo de Natal. A unidade estava fechada, mas, foi reaberta na semana passada depois de passar por reforma.

Presídio de Caicó, com presos rebelados desde às 7 horas da manhã desta terça-feira
Presídio de Caicó, com presos rebelados desde às 7 horas da manhã desta terça-feira



Sem categoria

Estoura rebelião no Presídio de Caicó

Os presos da Penitenciária Estadual do Seridó, estão rebelados. O motim começou por volta das 07hs. O diretor do presídio Alex Alexandre de Medeiros, confirmou a informação e disse que os presos estão muito violentos.

Os dois pavilhões que estão rebelados, são o  “B” e o “C”.

Rebelião no Presídio de Caicó
Rebelião no Presídio de Caicó



Sem categoria



Governo decreta situação de calamidade do sistema prisional do estado

O Diário Oficial traz nesta terça-feira (17) a publicação do decreto nº 25.017 que declara a situação de calamidade do sistema prisional do estado. Com a decisão, medidas de emergência serão adotadas como forma de restabelecer a normalidade do sistema no Rio Grande do Norte. A redação apresenta ainda a criação de uma força tarefa para adotar e executar medidas urgentes como construção, restauração das unidades parcialmente destruídas, reformas, adequações e ampliações com objetivo de criação de novas vagas.

À força tarefa caberá também a contratação emergencial de projetos construtivos; nomeação de agentes penitenciários aprovados no último concurso público para atendimento dos serviços de vigilância e estabelecimento de relações administrativas com órgãos federais para concessão de financiamentos. Para fiscalizar o desenvolvimento das medidas, será designada uma comissão especial de licitação, instituída na Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania.

Em funcionamento, a Força Tarefa deverá apresentar ao Governador Robinson Faria, a cada 30 dias, um relatório circunstanciado das atividades.

As medidas da situação de calamidade foram propostas após a apreciação do relatório de Situação e Diagnóstico, e consideram a destruição por parte dos rebelados de mil vagas divididas entre Alcaçuz (450), Presídio Estadual de Parnamirim (250) e Cadeia Pública de Natal (300). Além disso, o Governador Robinson Faria entrou em contato pessoalmente com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para requisitar apoio para a solução dos problemas do sistema prisional. Também foi solicitado o auxílio da Força Nacional e do Departamento Penitenciário Nacional, Depen.

O decreto da situação de calamidade foi resultado de uma reunião que ocorreu na manhã desta segunda-feira (16) entre o Governador Robinson Faria, a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, a secretária de Segurança Pública, Kalina Leite, representantes da Polícia Militar, Consultoria do Estado, Polícia Federal, o juiz de Execução Penal, Henrique Baltazar, e da coordenação da Administração Penitenciária.




Sem categoria

Homens atacam e tentam atear fogo em ônibus na zona norte de Natal

Pelo menos 4 homens invadiram um ônibus da linha 72, da empresa Guanabara, quando este passava na avenida Santarém, na zona norte de Natal.

O motorista foi rendido e o cobrador foi forçado a fazer os passageiros a descer. O fogo foi ateado na parte interno do ônibus.

Um extintor do veículo foi usado para apagar as chamas. Não houve feridos.

Os homens que atacaram o ônibus estavam em um veículo HB20 com placa fria.

Ônibus atacado na Zona Norte em Natal
Ônibus atacado na Zona Norte em Natal



Sem categoria

Assembleia debate criação da Rede Estadual de Enfrentamento ao Crack

Reunião para a criação da comissao de combate ao crack
Reunião para a criação da rede estadual de enfrentamento ao crack

A Assembleia Legislativa debateu na manhã desta segunda-feira (16) a problemática das drogas no Rio Grande do Norte e a criação da Rede Estadual de Enfrentamento ao Crack e outras drogas através de projeto de lei apresentado pelo deputado Jacó Jácome (PMN).

Os números apresentados pelo parlamentar apontam para um crescente aumento do consumo de drogas no país. Um total estimado de 1,2% da população do Brasil é usuária de crack, o equivalente a 2,3 milhões de brasileiros.

O plano nacional já é uma realidade e norteia varias ações em todo Brasil. Por isso queremos trazer o debate à tona no RN também. Como parlamentar eu poderia dar entrada no projeto aqui na Assembleia Legislativa, mas não teria sentido a construção desse plano se não chamasse vocês para a discussão, seria um plano que não ia contemplar a realidade que existe nos bairros e periferias. Nosso objetivo é ter o máximo de contribuição externa”, disse Jacó Jácome.




Sem categoria

Unidades prisionais do RN tiveram 4 rebeliões nesta segunda-feira (16); Secretário da Sejuc entregou o cargo

O Juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, se reuniu com o Governador Robinson Faria, no início da tarde desta segunda-feira (16), para discutir sobre a problemática do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte. Somente hoje foram registradas quatro rebeliões de presos.

No Complexo Penal João Chaves, cerca de 160 presos se rebelaram e quebraram as grades das celas e danificaram uma parte considerável da estrutura física. As outras unidades onde houve rebelião, foram: Alcaçuz, onde os presos dos pavilhões 2 e 3, também quebraram as grades das celas e queimaram colchões; no Presídio Provisório de Parnamirim e o CDP da Ribeira. Até às 16hs, o único com atividades de motim em andamento era o da Ribeira.

O Juiz Henrique Baltazar, disse ao Blog Sidney Silva, que o governador determinou algumas medidas emergenciais, inclusive liberou verba para a realização de serviços em algumas unidades. “Algumas dessas medidas, nós não podemos divulgar, mas, houve a liberação de recurso, não muito, mas, com isso faremos alguns serviços nas unidades. Se o Governo não tomar uma providência hoje, vai acontecer uma fuga em massa, eu não tenho dúvida“, disse.

O Secretário da Sejuc, Zaidem Heronildes da Silva Filho, entregou o cargo. A Secretária de Segurança Pública, Kalina Leite, assumiu a pasta interinamente. Ele agora acumula as pastas da Sesed e da Sejuc.

O Juiz Henrique Baltazar, também confirmou que está aguardando os pedidos por parte dos diretores das Unidades, de transferências de presos para os presídios federais.




Sem categoria

Duas cidades do Seridó estão entre as que mais notificaram casos suspeitos de dengue

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa Estadual de Controle da Dengue, divulgou nesta segunda-feira (16) os novos números da doença no Rio Grande do Norte.

As informações são referentes à semana epidemiológica nº 8, com dados coletados até o dia 28 de fevereiro. Até esta data foram notificados 3.146 casos suspeitos de dengue no estado. Os cinco municípios que mais notificaram foram Natal (955), Parnamirim (195), Parelhas (127), São Paulo do Potengi (84) e Santana do Seridó (81). Foram notificados também quatro óbitos suspeitos de dengue, ainda sem confirmação laboratorial.

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), é o índice utilizado pelo Ministério da Saúde para identificar a situação de infestação dos municípios. No total de 23 municípios que realizam esta metodologia no Estado foram identificados 11 municípios com situação de risco para ocorrência de epidemia de dengue.

Os municípios classificados como de risco apresentam Índice de Infestação Predial (IIP) maior que 3,9% dos imóveis pesquisados. No Rio Grande do Norte, os municípios com maiores índices são: Santa Cruz (10,4%), Campo Redondo (8,6%), Florânia (8,5%), Jardim do Seridó (7,7%), Carnaúba dos Dantas (7,2%), São Miguel (6,4%), Mossoró (6,2%), Currais Novos (5,9%), Caicó (5,8%), São José de Mipibu (5,3%) e João Câmara (4,8%). Outros nove municípios estão em estado de alerta (1-3,9%): Apodi (2,9%), Brejinho(3,3%), Jaçanã(2,9%) Parelhas(1,9%), São Paulo do Potengi (2,5%), Cruzeta(3,8%), Ceará-Mirim(3,5%), Parnamirim(1,2%)e Tenente Laurentino Cruz(2,1%). Apenas o município de Pau dos Ferros (0,2%) encontra-se em situação satisfatória (<1,0%). Entretanto, os municípios de Natal e São Gonçalo do Amarante não enviaram, até o momento, o resultado do LIRAa. Os demais municípios realizam outras metodologias.

Além de ajudar os gestores a identificar as residências em que há focos de reprodução do mosquito, o LIRAa também aponta o perfil destes criadouros. Os focos podem estar em formas de armazenamento de água, em caixa d’água; no lixo que não está sendo manejado adequadamente; e em depósitos domiciliares, como vasos de plantas.

A Sesap orienta para que a população continue adotando as medidas de prevenção, entre elas: manter as caixas d’água e outros recipientes de armazenamento de água fechados; colocar as garrafas com a boca para baixo; não deixar água acumulada sobre a laje ou calhas; manter a lixeira fechada; colocar areia nos pratos das plantas, entre outras.




Sem categoria