Parceria permite que residentes do curso de Medicina da UFRN atuem no Hospital do Seridó

Parceria permiti que residente no curso de medicina da UFRN atuam no Hospital do Seridó
Parceria permiti que residente no curso de medicina da UFRN atuam no Hospital do Seridó

A Escola Multi-Campi de Ciências Médicas da UFRN, colocou em prática a determinação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica que ofertada a Residência Médica junto ao Hospital do Seridó, na cidade de Caicó. O Programa Multicampi de Residência Multiprofissional em Atenção Materno-Infantil e de Intenssivismo Neonatal, são cursos de Pós-graduação, criados nos termos da Lei nº 11.129, orientado pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir das necessidades e realidades locais e regionais.

A realização do curso foi viabilizada através de uma parceria firmada entre a Escola Multi-campi e o Hospital do Seridó, e conta com total apoio da junta interventora. Para o diretor da unidade, George Dantas, o curso de medicina deseja estar presente em todos os espaços de saúde na região. “Nós queremos estar presente em todos os espaços onde se produz saúde aqui na região do Seridó. E o hospital do Seridó é onde acontece a saúde materno-infantil. Então, não há como agente não estar presente neste espaço. Os nossos alunos já estão visitando, estão participando. Estamos com articulação junto a direção deste hospital, no sentido de aprofundar e estreitar cada vez mais as relações da universidade também com o hospital do Seridó”, disse.

George Dantas ainda destaca o papel da junta interventora nesta articulação. “A junta interventora tem ajudado muito nesta articulação, temos trabalhado com ela e junto com a doutora Verônica [Alcântara], que também atua lá no hospital [como diretora clínica], no sentido de vermos como podemos estruturar o hospital cada vez de forma mais qualificada, para que agente possa ter lá também um espaço importante. Você ter um hospital resolutivo, que preste uma assistência humanizada e que seja um espaço importante para a formação do nosso estudante e do nosso residente”, reforçou.