Polícia Federal com apoio da PM apreende quase 500 quilos de maconha em Caicó

Droga apreendida pela Polícia Federal em Caicó
Droga apreendida pela Polícia Federal em Caicó

A Polícia Federal coordenou na tarde deste sábado (12) nas rodovias de acesso a cidade de Caicó, barreiras policiais que culminaram com a apreensão de 405 quilos e 300 gramas de maconha prensada em tabletes. A droga estava escondida na carroceria de um veículo Saveiro, de cor prata, mas, outro carro, um Voyage, dava apoio. Dois homens foram presos. Ambos foram identificados como, Denilton Figueiredo e Felipe José Amorim.

O delegado da PF, Christian Gomes, que lavrou o flagrante, disse ao repórter Sidney Silva, que o trabalho foi feito com o apoio da Polícia Militar. “De vez em quando, a Polícia Federal, em conjunto com outras instituições como a Polícia Militar, aqui na região Seridó, costuma fazer esse trabalho e tem dado resultado e a grande preocupação da instituição é reprimir assaltos aos Correios, bancos, tráfico de drogas e de arma, etc…esse trabalho é de parceria, porque, eu acho, que sozinhos, somos poucos, juntos somos mais. É de suma importância que atuamos assim“.

Os federais estavam com uma barreira montada em um trecho da rodovia enquanto os policiais militares estavam em outro. Os dois carros passaram na primeira barreira porque às equipes realizavam abordagem noutros veículos. Notada a atitude suspeita, os PMs foram avisados para abordá-los. “Foram feitas algumas barreiras e havia uma (com PMs) instalada em uma das vias que dá acesso à Caicó vindo de São João do Sabugi, próximo ao trevo da Palma e tinha uma outra equipe nossa em outro ponto, na divisa do RN com a Paraíba. Uma das nossas equipes visualizou quando os dois carros suspeitos passaram. Eles não foram abordados, porque, eles estavam fazendo abordagem em outros veículos, mas, passou a informação para a barreira da PM que estava mais adiante. Com essa informação, eles fizeram a abordagem, como fizeram em outros carros naquele período e detectou-se o seguinte: tinha um carro à frente, que era o Voyage e um outro atrás que era uma Saveiro. Cada veículo desses ocupado por um homem apenas. Eles foram parados e ao ser feita a vistoria rápida, constatou-se que no carro da frente, não tinha nada, já no outro, sem muita dificuldade, viu-se que ali tinha droga, vários tabletes. Não tinha nenhuma preocupação com a ocultação dessa carga ilícita“, contou o delegado.

Na sede do 6º BPM, os policiais fizeram uma revista mais detalhada nos carros. O batalhão serviu de base para que fosse feito um trabalho mais a miúde nos veículos.

No depoimento, os homens contaram onde e como pegaram a droga e para onde a levaria. O delegado disse ao site Sidney Silva, que não acredita nas informações repassadas pelos presos. “A versão contada apresentou-se inverossímil – ou seja, que não aparenta ser verdadeiro; difícil de acreditar: fato inverossímil – Segundo o motorista da Saveiro, ele teria pego a droga em Jardim de Piranhas, de um sujeito desconhecido, que o encontrou de forma totalmente inusitada, em uma praça, às 10hs da manhã, então, não se acredita muito nessa versão, mas, ele informa que pegou uma pessoa, abordou, levou o carro dele, encheu de droga e novamente eles se encontraram numa rodovia perto de Ipueira. Ele disse ainda que deixaria a droga em Macaíba, na BR“, contou.

A Polícia Federal fez ao longo dos últimos anos, grandes apreensões de drogas na região do Seridó, principalmente em Caicó. Foram muitos os carregamentos com mais ou menos a mesma quantidade da que foi apreendida na tarde deste sábado. Sobre isso, o delegado, Christian Gomes, disse que tem verificado, realmente, “os trabalhos feitos ao longo dos anos, demonstraram que parece ter uma rota obrigatória com passagem pela região Seridó do Rio Grande do Norte. Essa região, ela tem um potencial de crescimento considerável e isso tem atraído, obviamente, várias pessoas para cá, e são pessoas de bem, mas, também de má índole“, disse.

A dupla foi autuada por tráfico de drogas, com concurso material de pessoas e tráfico interestadual de drogas. Ambos tinham passagem na polícia por tráfico de drogas e por roubo.

Depois da lavratura do flagrante, a dupla foi conduzida para uma unidade prisional da região.