Polícia Federal prende presidente do Grupo Galvão na Operação Lava Jato

Folha Online – A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira (27) o diretor-presidente e membro do conselho de administração do Grupo Galvão, Dario de Queiroz Galvão Filho, em mais uma ação da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrução na Petrobras.

Dario foi preso em sua casa, em São Paulo, na qual a PF também cumpriu mandado de busca e apreensão. Ele é o segundo executivo do grupo a ir para a prisão na Lava Jato. Já está preso desde novembro Erton Fonseca, diretor-presidente da Galvão Engenharia, uma das empresas do Grupo Galvão.

A PF também prendeu em São Paulo na manhã desta sexta Guilherme Esteves, apontado como operador do esquema que distribuia propinas a dirigentes da Petrobras e políticos em troca de contratos da petroleira estatal.

Os dois presos serão levados a Curitiba.