Policiais do COTAR prendem potiguar acusado de dar apoio a assaltantes de carro forte

Carlos Cesar Vieira Torres foi preso pela Polícia

Policiais do Cotar da Polícia Militar do Ceará, prenderam o potiguar, Carlos César Vieira Torres, suspeito de ter dado apoio à quadrilha que tentou assaltar um carro forte entre as cidades de Flores e Quixeré, na última sexta-feira, dia 23 de novembro. Na ocasião, seis assaltantes morreram e quatro fugiram.

O homem foi localizado no Assentamento Vila Real na região entre Baraúna e a Maísa. Com ele foram encontradas drogas e munições. Não houve reação.

A polícia do Rio Grande do Norte, informou Carlos Cesar, é suspeito de crimes de pistolagens e já havia sido preso pela PF no passado portando fuzis.

Sua participação na quadrilha seria de apoio e guarida. Com relação ao ataque, os policiais cearenses do Serviço de Inteligência levantaram que o ataque seria promovido por 10 assaltantes. No dia, os policiais se prepararam para intercepta-los. Houve reação e seis assaltantes, que estavam em 3 carros, morreram. Outros 4 fugiram, após queimarem um carro numa ponte.

Os policiais do Cotar acreditam que Carlos Cesar foi quem articulou a fuga dos 4 assaltantes do ataque ao carro forte em Quixeré e também seria o responsável por esconde-los após o crime.

Diante do quadro, o suspeito passa a responder por tráfico de drogas no Rio Grande do Norte. Ele foi atuado em flagrante na Delegacia de Plantão. Já no Ceará vai responder pelo ataque a carro forte e associação criminosa. Deve ser autuado em flagrante.

Os policiais apreenderam com ele:

04 munições .40

11 munições 5.56

02 munições 7.62

1,6 kg maconha

80g cocaína

01 celular Blu

02 balanças de precisão

*Do Mossoróhoje