Presidente colombiano anuncia apreensão de 12 toneladas de cocaína

Maior apreensão de cocaína da história da Colômbia é anunciada

A polícia da Colômbia confiscou 12 toneladas de cocaína, a maior apreensão realizada em uma operação na história do país, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (9) pelo presidente Juan Manuel Santos. A interceptação foi feita pela polícia e o exército local com ajuda internacional.

A ação da polícia ocorreu em quatro armazéns no departamento de Antioquia, região conhecida mundialmente por sua capital Medellín, cidade em que vivia o traficante Pablo Escobar. A droga apreendida foi avaliada em 360 milhões de dólares (R$1,17 bilhão) e foi atribuída ao Clã do Golfo, maior cartel de narcotraficantes do país.

De acordo com a polícia colombiana, foram usados na operação 400 agentes antinarcóticos. O país continua sendo o maior exportador mundial de cocaína. Entre 2014 e 2016, as plantações de coca no país passaram de 69 mil para 146 mil hectares, e a produção aumentou de 442 para 866 toneladas, de acordo com as Nações Unidas.