Reforma do 6º BPM também depende de cessão de terreno que é de associação inexistente

Reforma do 6º BPM também depende de liberação por parte de associação que não existe mais

O tenente-coronel Walmery Costa, está tentando junto ao Comando Geral da PM no Estado, a reforma do prédio do 6º BPM em Caicó, mas, está com dificuldade porque descobriu que o terreno aonde o batalhão foi construído pertencia a uma associação que não existe.

O referido terreno teria sido doado pela Prefeitura na condição de que se não fosse construído nada no local (pela associação), este retornaria para a posse do Município o que nunca aconteceu.

A estrutura física do Batalhão da PM, foi construída pelo Governo do Estado.