Rotary Clube de Caicó Centenário realiza 8.º Mutirão contra a Dengue em Caicó

Aspecto do mutirão na Ilha de Sant'Ana em 2015 - Foto: Paulo Júnior
Aspecto do mutirão na Ilha de Sant’Ana em 2015 – Foto: Paulo Júnior

No próximo domingo (28), o Rotary Clube de Caicó estará realizando das 7 às 11 horas, o 8.º Mutirão Caicó contra a Dengue. O Mutirão envolve todas as zonas da cidade, além da Ilha de Sant’Ana.

O evento conta com o apoio de várias entidades e instituições da cidade, entre elas, Rotary Clube de Caicó, 1º BEC, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Infraestrutura, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Grupo de Escoteiros Vale Sobrinho, IV USARP; Maçonarias, Bombeiros Mirins, Top Peças e Serviços, Interact Clube, Rotaract Clube, Imprensa de Caicó, Patrulheiros do Departamento de Polícia Rodoviária Estadual, Voluntários que fazem a panfletagem em frente ao Rotary, Bloco Treme-treme, entre outros. É um verdadeiro batalhão humano que luta com o objetivo de combater o mosquito Aedes Aegypit.

Segundo o repórter Paulo Júnior (Agência de Notícias Correio do Seridó), a ação acontece logo após o carnaval com a finalidade de recolher o lixo reciclável, objetivando o extermínio dos focos do mosquito da dengue já existentes, como também prevenir uma epidemia na na cidade. Combater a dengue é uma responsabilidade de todos. Entre nessa luta e faça o Rotary BRILHAR. No ano passado, o Mutirão contra a Dengue arrecadou 102 pneus, 213 sacos de lixo reciclável e foram exterminados 8 (oito) focos do mosquito da dengue, com uma equipe formada por 65 voluntários.

“Nós vamos fazer um arrastão com ajuda de entidades do âmbito municipal, estadual, comercial, os maçons, os escoteiros, os militares de uma forma geral, com a finalidade de diminuir os depósitos que com chuva possam coletar água, inclusive os pneus”, disse Edvaldo Carlos – Primeiro Secretário da nova gestão do Rotary Clube de Caicó Centenário e técnico na área de dengue.

Edvaldo disse que a situação da dengue é preocupante em Caicó e cita também a questão da chicungunya e zika, doenças que também são transmitidas pelo mosquito da dengue.

Este ano, o Mutirão contra a Dengue ganhou uma maior dimensão, com a participação de novos parceiros e há uma expectativa de cerca de 200 voluntários engajados no combate ao mosquito Aedes Aegypit.