“Se eu for convocado, aceitarei disputar a prefeitura de Caicó”, afirma Vivaldo Costa

Vivaldo Costa diz que se for convocado vai para a disputa da prefeitura de Caicó
Vivaldo Costa diz que se for convocado vai para a disputa da prefeitura de Caicó

O médico, Vivaldo Costa (Pros), ex-deputado estadual, disse nesta segunda-feira (15), em entrevista no programa Comando Geral, na Rádio Caicó AM, que quer comandar seu sistema político nas eleições do ano de 2016 e não descartou ser o candidato a prefeitura. Ele disse que se o sistema que comanda entender que ele reúne as condições, então irá, mas, não vai se opor se outro nome do grupo estiver melhor avaliado. “Eu irei pra linha de frente. Eu quero comandar o meu sistema para que possamos fazer o próximo prefeito de Caicó. Se eu for convocado pelo meu sistema político, sem dúvida alguma, aceitarei disputar a prefeitura de Caicó. Eu não quero atropelar ninguém, Isso é um processo, tem que ouvir as lideranças de bairro, os vereadores, os ex-prefeitos, o povo…“, disse.

Ao passo em que avaliava as possibilidades, Vivaldo Costa, disparou sobre o atual prefeito Roberto Germano: “Não tenho nada pessoal contra, mas, a administração está fraca. Ele não está agradando. Roberto está desgastado“.

Sobre os nomes comentados nas rodas de conversas como pretensos candidatos a prefeitura de Caicó, foi perguntado se o sistema político do Papa Jerimum tem algum problema para dialogar algum. Ele disse que não. “Eu tenho amizade pessoal com José Agripino Maia, (líder do Dem), e vou procurá-lo. Já falaram que Verônica Alcântara tem pretensão de ir pra disputa e vou lutar com unhas e dentes para ter o apoio do Dem em Caicó, onde tem, também o médico, Silvio Santos. Outra grande liderança em Caicó, é Wilma Maria de Faria. Ela eu tenho como minha madrinha, como minha irmã. Eu vou procurar Wilma para que a gente possa fazer parte de uma coligação em Caicó. Tem João Maia, que é presidente do PR, em quem o Papa votou na última eleição. Eu vou procurar o apoio do PR comando no estado por João Maia e vou procurar o apoio do Governador Robinson Faria, vou procurar o apoio de Ricardo Mota e Rafael Mota, como também do atual presidente da ALRN, Ezaquiel Ferreira, vou procurar o apoio de Francielle Lopes, de João Braz, de Cicero Bandido, e de Roberto eu não vou, porque, é o outro lado, inclusive o seu apoio nessas alturas, interessa pouco, porque ele está muito desgastado“, comentou.

Finalizando, Costa, disse lembrou que o diálogo se faz necessário sempre na Política. “Política é feita de conversa, evidentemente que tem os ingredientes, mas, a conversa é importante dentro do processo“.






“Se eu for convocado, aceitarei disputar a prefeitura de Caicó”, afirma Vivaldo Costa

Vivaldo Costa diz que se for convocado vai para a disputa da prefeitura de Caicó
Vivaldo Costa diz que se for convocado vai para a disputa da prefeitura de Caicó

O médico, Vivaldo Costa (Pros), ex-deputado estadual, disse nesta segunda-feira (15), em entrevista no programa Comando Geral, na Rádio Caicó AM, que quer comandar seu sistema político nas eleições do ano de 2016 e não descartou ser o candidato a prefeitura. Ele disse que se o sistema que comanda entender que ele reúne as condições, então irá, mas, não vai se opor se outro nome do grupo estiver melhor avaliado. “Eu irei pra linha de frente. Eu quero comandar o meu sistema para que possamos fazer o próximo prefeito de Caicó. Se eu for convocado pelo meu sistema político, sem dúvida alguma, aceitarei disputar a prefeitura de Caicó. Eu não quero atropelar ninguém, Isso é um processo, tem que ouvir as lideranças de bairro, os vereadores, os ex-prefeitos, o povo…“, disse.

Ao passo em que avaliava as possibilidades, Vivaldo Costa, disparou sobre o atual prefeito Roberto Germano: “Não tenho nada pessoal contra, mas, a administração está fraca. Ele não está agradando. Roberto está desgastado“.

Sobre os nomes comentados nas rodas de conversas como pretensos candidatos a prefeitura de Caicó, foi perguntado se o sistema político do Papa Jerimum tem algum problema para dialogar algum. Ele disse que não. “Eu tenho amizade pessoal com José Agripino Maia, (líder do Dem), e vou procurá-lo. Já falaram que Verônica Alcântara tem pretensão de ir pra disputa e vou lutar com unhas e dentes para ter o apoio do Dem em Caicó, onde tem, também o médico, Silvio Santos. Outra grande liderança em Caicó, é Wilma Maria de Faria. Ela eu tenho como minha madrinha, como minha irmã. Eu vou procurar Wilma para que a gente possa fazer parte de uma coligação em Caicó. Tem João Maia, que é presidente do PR, em quem o Papa votou na última eleição. Eu vou procurar o apoio do PR comando no estado por João Maia e vou procurar o apoio do Governador Robinson Faria, vou procurar o apoio de Ricardo Mota e Rafael Mota, como também do atual presidente da ALRN, Ezaquiel Ferreira, vou procurar o apoio de Francielle Lopes, de João Braz, de Cicero Bandido, e de Roberto eu não vou, porque, é o outro lado, inclusive o seu apoio nessas alturas, interessa pouco, porque ele está muito desgastado“, comentou.

Finalizando, Costa, disse lembrou que o diálogo se faz necessário sempre na Política. “Política é feita de conversa, evidentemente que tem os ingredientes, mas, a conversa é importante dentro do processo“.