Secretaria de Saúde articula estratégias de combate ao Aedes aegypti em Caicó

Secretaria de Saúde articula estratégias de combate ao Aedes aegypti em Caicó

Nesta segunda-feira (19), a secretaria municipal de Saúde reuniu no auditório do Centro Administrativo os agentes de endemias, técnicos da IV URSAP e outros setores da saúde para apresentar o resultado do LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti) e, ao mesmo tempo, traçar estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti para reduzir o índice de dengue no município de Caicó.

Pelo levantamento feito nos bairros de Caicó, ficou constatado que a cidade está com um índice de infestação predial de 17,7% e no índice geral, a infestação cai para 12,9%, englobando também o trabalho realizado na Palma, Laginhas e Perímetro Irrigado Sabugi Vilas I e II. “Estamos preocupados com esses números, pois o índice de infestação da dengue aumentou, principalmente nas zonas Norte e Oeste. O ano passado o índice foi de 6,8% nesse período. É preciso que a população colabore e faça sua parte, mobilizando as pessoas para eliminar a água parada, ajudando, assim, a combater os focos que podem virar criadouro do Aedes aegypti nas residências”, disse a secretária municipal de Saúde, Sandra Brilhante.

O coordenador municipal de Endemias, Kallyson Dantas, destacou que para o Ministério da Saúde, o índice aceitável de infestação da dengue é abaixo de 3,5%. “As visitas dos agentes de endemias vêm ocorrendo normalmente e o bloqueio de foco será intensificado nos diversos locais da cidade. A mobilização da sociedade é fundamental para vencer a luta contra o mosquito”, destacou Kallyson.

O técnico da IV URSAP, Noé Rogério, conclamou a população para colaborar com o trabalho dos agentes de endemias no combate ao mosquito da dengue e atribuiu esse índice alto de infestação, a questão da crise hídrica que a cidade enfrentou nos últimos meses, onde a população ficou armazenando água de toda forma em todo tipo de depósito e alertou que a água de chuva é ideal para que o mosquito se reproduza.