Secretária diz que alguns POSTOS não estão aptos a participar de licitação de combustíveis

O radialista, Eduardo Dantas, perguntou a Secretária de Segurança, Kalina Leite, duranta a coletiva concedida por ele para profissionais da imprensa que participam do grupo de Watsapp Imprensa Potiguar. Ele questionou sobre o combustível que era disponibilizado para viaturas da Polícia Militar, em postos distantes das cidades de atuação.

A pergunta foi a seguinte:

Secretária qual a opinião  da Senhora, do sistema atual de abastecimento das viaturas  da Policia Militar, onde viaturas de algumas cidades precisam percorrer quase 200km para abastecer e voltar pra cidade de origem que  fica sem policiamento durante esse deslocamento?

Ela respondeu:

“O que ocorre é que se faz licitação para comprar o combustível e muitas vezes o estabelecimento não tem a documentação exigida para participar desses certames de forma que seja contratada pelo Poder Público e, em outras vezes o estabelecimento, simplesmente não quer. O Estado faz uma série de exigência para que os partícipes tenham determinadas certidões negativas. Já ocorreram licitações onde nenhum posto apareceu com condições de participar da disputa. Nós já orientamos às polícias para mudar a forma de abastecer. Sugerimos o uso do cartão, como já ocorre na Emater. Isso realmente não é culpa da Gestão. Nós já tentamos várias vezes contratar postos que fiquem perto de onde estão as viaturas, mas, não foi possível“, disse.