Segurança Pública considera pacíficas as manifestações em Natal

Sesed confirma tranquilidade durante movimentações deste domingo em Natal
Sesed confirma tranquilidade durante movimentações deste domingo em Natal

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) não registrou nenhuma ocorrência relacionada as manifestações populares deste domingo (17), em Natal. Durante todo o dia, o Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), órgão executivo composto por representantes do poder público das diversas esferas e por representantes das diferentes forças com atuação na área da segurança pública, esteve monitorando, em tempo real, por meio de sistemas de videomonitoramento e por profissionais velados do serviço de inteligência todos os acontecimentos que ocorriam nos locais de concentração.

A quantidade de pessoas que saíram às ruas para defender a permanência de Dilma Roussef, na Praça do Bairro do Mirassol, quanto àqueles que desejavam o impeachment da presidente, na Praça Cívica, no Bairro Petrópolis, foi semelhante variando entre 1.200 a 1.500. O horário de maior concentração de pessoas nestes locais foi entre às 17:30h e 18h.

Um efetivo de cerca de 450 profissionais extras, entre agentes de segurança pública e trânsito, foi disponibilizado pelos governos Federal, Estadual e Municipal especialmente para os eventos.

A Polícia Civil atuou com Delegacias Móveis completas, que funcionaram nas proximidades dos eventos, sendo compostas por delegados, agentes e escrivães, para registro de ocorrências. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) também estiveram circulando nos eventos. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorreu normalmente.

 A Polícia Militar contará com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. O Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), por exemplo, realizou barreiras nos perímetros das Praças onde foram deitas abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. O Corpo de Bombeiros Militar participou com cerca de 30 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio.

A PRF manteve equipes de prontidão na BR 101 e reforçou barreiras nas rodovias que dão acesso à Natal. A STTU ficou responsável pelos desvios dos fluxos de trânsito, principalmente relacionados ao itinerário dos ônibus que trafegam naquelas áreas.