Senador seridoense cobra aperfeiçoamento da política de reforma agrária

José Medeiros entende que a política agrária não tem avançado como deveria
José Medeiros entende que a política agrária não tem avançado como deveria

Em pronunciamento nesta terça-feira (23), o senador José Medeiros (PPS-MT) disse que a falta de comprometimento do governo federal em desenvolver uma política seria para a reforma agrária vem prejudicando milhares de brasileiros em todo o país.

No Mato Grosso, afirmou, há mais de 500 projetos de assentamento inconclusos, fazendo com que um expressivo número de famílias vivam em um ambiente marcado pela instabilidade social e pela insegurança jurídica.

Milhares de brasileiros são relegados pelo Estado, e as famílias fixam-se nessas terras e dão início ao trabalho produtivo, mas sem a garantia de propriedade das terras, uma vez que o processo de titularidade é moroso, disse José Medeiros.

Segundo informou a Agência Senado, José Medeiros entende que a política agrária não tem avançado como deveria, o que obriga o governo a repensar o modelo adotado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e dota-lo de instrumentos e meios necessários para por em prática ações céleres e eficientes no plano da reforma agrária.