Solistas búlgaros são as atrações do projeto Quartas Clássicas de maio

Solistas búlgaros são as atrações do projeto Quartas Clássicas de maio
Solistas búlgaros são as atrações do projeto Quartas Clássicas de maio

Com patrocínio do Morada da Paz, Cosern e Unimed, o projeto Quartas Clássicas de maio traz dois solistas europeus e um maestro brasileiro como convidados para o concerto da próxima quarta-feira (25), marcado para as 20h, no Teatro Riachuelo em Natal. Os búlgaros Ivo Stankov (violinista) e Lachezar Stankov (pianista) atuarão como solistas junto à Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN), que neste concerto será regida pelo maestro brasileiro Miguel Campos Neto. No repertório, estão grandes peças como o prelúdio da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg” de Richard Wagner, “Concerto para violino e piano em Ré menor” de Felix Mendelssohn e “Symphony No. 4” de Robert Schumann.

O primeiro lote de ingressos gratuitos disponibilizado no site da OSRN – www.orquestrasinfonicadorn.com.br – já foi esgotado. O segundo estará disponível ao público na bilheteria do Teatro Riachuelo, a partir das 12h no dia do concerto. Cada CPF apresentado na bilheteria dá direito a um par de ingressos.

Dentre as novidades para a temporada 2016 do Quartas Clássicas, está a campanha de arrecadação de livros que será contínua ao longo de todas as apresentações do ano. A ação visa ajudar a Fundação José Augusto (FJA), que está ampliando o acervo das bibliotecas nas Casas de Cultura do Estado, e receberá as doações de livros literários. Quem reservou ingresso pelo site e vai retirar na FJA pode doar um exemplar que irá compor esse novo acervo literário. É uma ação opcional e voluntária, mas muito importante para a ampliação do acervo das bibliotecas das Casas de Cultura do RN.

O projeto Quartas Clássicas conta com patrocínio do Cemitério e Crematório Morada da Paz, da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado, e da Unimed Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão da Prefeitura Municipal de Natal, além de apoio do Teatro Riachuelo. A realização do projeto é da Fundação José Augusto.

Sobre os convidados

Miguel Campos Neto – Regente Titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, em 2014 Campos Neto foi destacado como um dos melhores regentes de ópera no cenário nacional pelo crítico Leonardo Marques. A crítica especializada também o considera um maestro que “dá ritmo teatral e fluência ao espetáculo e sabe recriar a linguagem musical específica dos personagens principais” (João Luiz Sampaio, Estadão, SP) e que demonstra “sua segurança e autoridade musical empenhando-se totalmente à frente da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz” (Marco Antonio Seta, Ópera e Ballet).

Ivo Stankov – Ele se tornou um dos principais artistas da Bulgária e mais versáteis da sua geração. Descrito pela imprensa como “um notável virtuoso”, Ivo Stankov cativou o público no Reino Unido e na Europa com seu estilo “dominante” e apresentações “espirituosas”. Ivo fica igualmente à vontade como solista, recitalista, camerista e educador. Como solista, já se apresentou com a English Chamber Orchestra e com algumas das mais consagradas orquestras da Bulgária como a Sofia Soloists, Sofia Sinfonietta, Varna, Burgas and Pazardjik Philharmonic. Ele já se apresentou na maioria das salas de concerto do Reino Unido, como a Royal Albert Hall, Glasgow Concert Hall, Cadogan Hall, e a Bridgewater Hall. Ivo é o maestro da Westminster Philharmonic Orchestra e está, além disso, conduzindo regularmente uma série de conjuntos em Londres. Ele também foi maestro convidado da Sofia Symphony Orchestra, Independent Opera at Sadler’s Wells, e os London Schubert Players. Ivo toca com um violino Gagliano 1787 cedido gentilmente pela Independent Opera at Sadler’s Wells.

Lachezar Stankov – Nasceu em Varna (Bulgária) e começou a aprender piano aos nove anos de idade. Ele mostrou um rápido progresso e um ano mais tarde foi aceito para o Dobri Hristov College of Music and Arts, onde completou seu ensino médio com currículo de especialista em música. Lachezar é vencedor de muitos prêmios e reconhecimentos nacionais e internacionais. Ele venceu o Second Prize in the National Competition Dimitar Nenov in Bulgaria (1999), oThird Prize in the International Competition Pro Arte in Bucharest, Romênia (2000), o Grand Prix of the Competition for Czech and Slovak Music in Prague (2003) e também o Presto National Scholarship Award (2002). Em 2009, Lachezar foi finalista do Concert Competition in the Royal College of Music. Em dezembro de 2013, Lachezar obteve com a Distinction o Mestrado em Música diplomado em Piano Performance no Trinity Laban Conservatoire of Music. Além de sua carreira de músico Lachezar também mantém o cargo de professor em JASSPA, Cumnor House, University College School, e Whitgift School.