Licitação para o carnaval de Caicó acontece nesta quarta

Licitação para contrastar empresa do carnaval 2018 acontece nesta quarta

O Município de Caicó vai realizar licitação na modalidade de concorrência, do tipo maior oferta, visando a permissão de uso precário e a título oneroso de espaço público – solo urbano do Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana e do Corredor da Folia para exploração e realização dos festejos culturais do Carnaval 2018.

O recebimento dos documentos para credenciamento dos representantes das empresas será nesta quarta-feira (17) de janeiro de 2018, às 8 horas, na sala das Licitações, na Avenida Coronel Martiniano, nº 993, Centro, Caicó.

O Carnaval de Caicó é um evento popular cultural, classificado como a maior folia de rua do Rio Grande do Norte; que a cada ano vem ganhando um número cada vez maior de turistas, não só da região Nordeste, mas sim de todo o Brasil e até do exterior.

Esse período de fevereiro é considerado pelas entidades empresariais – CDL, ACISC e SindVarejo, como o evento que melhor impacta a economia do município, principalmente por ser um período que atrai turistas e injeta recursos diretamente nos setores de comércio e serviços e indiretamente na indústria e agricultura; e gera empregos temporários somado ao período das festas natalinas.

Também é importante destacar que o Carnaval de Caicó torna-se relevante do ponto de vista cultural, pois é um dos principais veículos da memória e da identidade coletiva, em especial os relacionados a expressões de música, dança, artesanato.



Baraúnas perde do Globo e tabu de não vencer em Ceará-Mirim continua

Globo e Baraúnas fizeram extreia no Campeonato Potiguar

O Baraúnas perdeu por 3 a 0 para o Globo na tarde deste sábado, 13, pela primeira rodada do Campeonato Estadual. A partida disputada no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim. O resultado manteve o tabu do tricolor mossoroense não vencer a Águia como visitante no certame estadual.

Este foi o sexto jogo no Estádio Barretão entre Globo e Baraúnas na história do Estadual. O Leão do Oeste amarga o tabu de nunca ter vencido o adversário como visitante na competição. Agora, são seis jogos com quatro derrotas e dois empates.

O placar deixa a equipe da Grande Natal na liderança provisória do primeiro turno. O Globo soma os mesmo três pontos do ABC, que venceu o Santa Cruz por 1 a 0, também na tarde deste sábado, e fica a frente do alvinegro pelo saldo de gols (3 contra 1).

Pela segunda rodada a equipe comandada por Luizinho Lopes enfrenta o Força Luz na segunda-feira, 22. A partida está marcada para a Arena das Dunas. Dois dias antes o Baraúnas faz sua estreia em casa diante do América. O duelo está marcado para as 16 horas, no Estádio Nogueirão, em Mossoró.



Olinda: Bloco Eu Acho é Pouco realiza duas prévias antes do carnaval

Bloco completa 41 anos de existência

O Grêmio Lítero Recreativo Cultural Misto Carnavalesco Eu Acho é Pouco realiza na terça-feira (9) a venda dos ingressos de uma de suas prévias, o Baile Vermelho e Amarelo, que acontece no dia 20, a partir das 16h, no Catamaran.

As atrações desta edição do baile serão o projeto Frevália, de Romero Ferro, o cantor Almério, a orquestra e a batucada do bloco, além dos DJs Lala K e Pepe Jordão.

A venda será realizada pela internet, em dois lotes: o primeiro, às 10h, e o segundo, às 16h. O ingresso custa R$ 100 e R$ 50 (meia-entrada).

No dia 28 de janeiro, o tradicional bloco olindense realiza mais uma prévia. No ensaio aberto, o bloco sai com orquestra, batucada, dragão e estandarte a partir das 9h, com concentração em frente à Praça Laura Nigro, próxima ao Mercado da Ribeira, em Olinda.



ELEIÇÕES 2018: Saiba quais são as principais datas do calendário eleitoral

Saiba-quais-são-as-principais-datas-do-calendário-eleitoral
Saiba quais são as principais datas do calendário eleitoral

Em outubro deste ano a população brasileira vai às urnas e deve ficar atenta a algumas datas antes de eleger presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador, deputado federal, estadual ou distrital. O primeiro turno ocorrerá no dia 7 de outubro, e em caso de segundo turno, os eleitores votam novamente no dia 28 de outubro.

Com as novas regras eleitorais aprovadas no Congresso, já em vigor para este ano, a partir de 1º de abril o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a esclarecer as regras e o funcionamento das eleições. É nesta fase que se inicia a propaganda institucional no rádio e na TV, como explica o cientista político Valdir Pucci.

Continue lendo



Caicó registrando temperatura de 38º na tarde deste dia 1 de janeiro

Tarde de temperatura elevada em Caicó neste dia 1 de janeiro de 2018 – (Foto: Sidney Silva)

Na primeira tarde de 2018, os termômetros dos institutos de meteorologia estão assinalando a marca dos 38 graus centígrados na sombra em Caicó, mas, a percepção da temperatura é que está bem mais alta.

A umidade relativa no ar está em 14%, um índice muito baixo. Não existe previsão de chuva para as próximas horas em Caicó.

Os institutos também mostram que a temperatura chegou aos 39 graus centígrados na sombra em Caicó, no último dia de 2017.




Governo do RN divulga calendário de pagamento do IPVA 2018

Igor Jácome – (G1/RN) – A Secretaria de Tributação do Rio Grande do Norte (SET) publicou nesta quinta-feira (28) a tabela com os valores do IPVA e o calendário do pagamento de 2018, que começa em março. A taxa de licenciamento anual dos veículos, cobrada pelo Detran, sofreu reajuste e vai custar R$ 90 no próximo ano.

A alíquota do IPVA não foi alterada, em relação a 2017, sendo correspondente a 3% do valor venal do veículo. Ou seja, se um veículo novo custa R$ 40.000, por exemplo, o proprietário pode fazer um cálculo simples para saber quanto terá que pagar: 40.000 x 0,03 = R$ 1.200.

No caso de veículos usados, o valor usado no cálculo segue a Tabela Fipe – que aponta o preço dos veículos ano a ano. A partir de 10 anos, o veículo fica isento. O governo publicou uma tabela com os respectivos valores de IPVA, levando em conta essa tabela. Você pode consultar aqui.



Prefeitura teria destinado R$ 40 mil para crise hídrica e R$ 600 mil para compra de Software

No Orçamento de 2018 do município de Caicó, alguns valores chamaram a atenção dos vereadores. Por exemplo, os valores destinados para o esporte, 3 mil reais; para os carros-pipas, 15 mil reais; para o sistema de emergência e convivência com a seca, 40 mil reais. Nesse valores, os vereadores fizeram modificações. Foi retirado de algumas secretarias com o objetivo de aumentar os recursos para os casos em destaque, por exemplo.

Outra situação detectada pelo vereador Odair Diniz (PSDC), presidente da Câmara, foi o fato de estarem destinados para a aquisição de um SOFTWARE (conjunto de componentes lógicos de um computador ou sistema de processamento de dados; programa, rotina ou conjunto de instruções que controlam o funcionamento de um computador; suporte lógico) na Secretaria de Meio Ambiente, o valor de cerca de 600 mil reais.



Caicó: Vereadores fazem duas sessões para emendar Orçamento de 2018

Vereadores começam a votar Orçamento do Município de Caicó para 2018 – (Foto: Cristiano Manoel)

Na sessão ordinária que ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores de Caicó, nesta quarta-feira (27), não houve votação de emenda ao Orçamento do Poder Executivo de 2018, como estava previsto. Os edis decidiram por deliberarem pela realização de duas sessões nesta quinta-feira (28), sendo a primeira começando às 11hs e a outra logo em seguida.

O presidente da Câmara, vereador Odair Diniz (PSDC), disse que os vereadores detectaram falhas na Lei Orçamentária Anual – LOA e no Plano Pluri-Anual – PPA (que compõem o Orçamento) enviados ao legislativo pelo Poder Executivo e isso motivou diversas correções.

Os vereadores não tinham ainda entrado em recesso como estava previsto para acontecer no dia 13 de dezembro, porque, diante das falhas encontradas e a necessidade de correções foi preciso mandar os documentos de volta para a Prefeitura. Somente com o retorno para a Câmara, depois de votado e aprovado, os edis podem entrar em recesso.

Depois que os vereadores apresentarem as emendas impositivas ou não, as comissões ainda devem analisar os documentos e fazer a redação final para só então o Orçamento ser levado ao plenário e votado.



2018 terá nove feriados nacionais e cinco pontos facultativos

O ano de 2018 terá nove feriados nacionais e cinco pontos facultativos. A lista das datas foi publicada nesta terça-feira (26), no Diário Oficial da União, pelo Ministério do Planejamento.

O calendário não inclui como feriado datas tradicionais como o Carnaval, nos dias 12 e 13 de fevereiro, e Corpus Christi, no dia 31 de maio. Essas datas foram consideradas pontos facultativos no ano que vem.

Segundo o ministério, os dias de guarda dos credos e religiões não relacionados na portaria publicada poderão ser compensados, desde que seja autorizado pelo responsável pela unidade administrativa.

Os feriados previstos são: Confraternização Universal, no dia 1º de janeiro; Paixão de Cristo, no dia 30 de março; Tiradentes, no dia 21 de abril; Dia Mundial do Trabalho, no dia 1º de maio; Independência do Brasil, no dia 7 de setembro; Nossa Senhora Aparecida, no dia 12 de outubro; Finados, em 2 de novembro; Proclamação da República, no dia 15 de novembro; e Natal, comemorado dia 25 de dezembro.

Já os pontos facultativos, nas repartições federais, serão: Carnaval, nos dias 12 e 13 de fevereiro; Quarta-feira de Cinzas, no dia 14 de fevereiro até às 14h; Corpus Christi, no dia 31 de maio; e o Dia do Servidor Público, em 28 de outubro.



Emparn vai divulgar análises semanais sobre o inverno, mas, perspectivas são boas

Perspectivas de chuvas são boas – (Foto: Sidney Silva)

Na terça-feira (19), Gilmar Bristot, Chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da EMPARN, vai repassar para a imprensa e demais interessados no tema, os detalhes da análise sobre a quadra chuvosa para 2018. Será às 9h, no auditório da Emater – Centro Administrativo em Natal.

A Emparn já adiantou que os meses de dezembro, janeiro e fevereiro antecedem o período chuvoso principal no semiárido potiguar. É a chamada pré-estação chuvosa. Os sistemas meteorológicos que costumam atuar durante essa época (vórtices ciclônicos de ar superior, frentes frias e linhas de instabilidade) são considerados de baixa previsibilidade. Por causa dessa dificuldade na previsão a longo prazo, as informações sobre ocorrência de chuvas serão analisadas semanalmente.

Nesta segunda quinzena de dezembro, a presença de instabilidades deve ocasionar chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, com intensidade variando entre 10mm e 40mm. Em janeiro, a climatologia mostra um aumento de chuvas, principalmente nas regiões Oeste e Seridó, com valores que variam entre 20mm e 80mm. Para fevereiro, as chuvas apresentam acumulados maiores nas regiões Oeste, Vale do Assú e Seridó Ocidental, com valores acima de 100mm.

Para o período chuvoso de 2018, que deverá começar entre o fim de fevereiro e início de março, as primeiras análises mostram que existe uma forte tendência de chuvas próximas da normalidade climatológica, com índices variando entre 800mm e 1000mm, no total, dependendo da região.

Temperaturas

Na quinta-feira (21), às 13h28, começa o verão no hemisfério sul. A estação chega com influência do Fenômeno La Niña, caracterizado por águas mais frias do que o normal ao longo da faixa equatorial do Oceano Pacífico, o que deve acarretar em um comportamento próximo do normal no que se refere à temperatura. Segundo o meteorologista Gilmar Bristot, chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), as temperaturas médias máximas para o mês de dezembro devem variar entre 30°C e 32°C nas Regiões Leste e Agreste; de 32°C a 34 °C no Seridó, Região do Vale e Mossoró; e ficará acima dos 34°C, podendo chegar aos 36°C na Região do Alto Oeste.

Para os meses de janeiro e fevereiro, com a ocorrência de chuvas, as temperaturas médias máximas caem um pouco no interior, variando entre 32°C e 34°C. No Leste e Agreste, devido à influência da umidade, elas se mantém em torno dos 32°C durante o mesmo período.



Fundo eleitoral terá R$ 1,7 bilhão do orçamento federal em 2018

Fundo eleitoral para uso de dinheiro público

O orçamento federal para 2018, aprovado pelo Congresso na quarta-feira (13), define as receitas e as despesas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Em ano de eleições, os cofres do governo terão à disposição R$ 3,5 trilhões, valor que já inclui o refinanciamento da dívida pública e gastos com saúde e educação.

Um dos pontos mais polêmicos é o que trata do fundo eleitoral, que terá R$ 1,7 bilhão do orçamento público para financiar campanhas e partidos no ano que vem. Os recursos têm como uma das fontes cerca de 30% das emendas parlamentares de bancada, indicadas por deputados e senadores. Para o fundador e secretário-geral da Associação Contas Abertas, Gil Castello Branco, é um erro utilizar o dinheiro dos brasileiros para esta finalidade.

Continue lendo



Mudanças no Simples Nacional passam a valer em 2018

O Simples Nacional completa, em 2018, 11 anos. O sistema que atende mais de 5 milhões e 600 mil micro e pequenos empreendedores em todo país terá novas condições a partir do próximo ano, entre elas, o aumento do limite de faturamento anual, passando de R$ 3 milhões e 600 mil para R$ 4 milhões e 800 mil.

No caso do Microempreendedor individual, o MEI, o teto da receita bruta anual sai dos R$ 60 mil para os R$ 81 mil. Segundo o analista de Políticas Públicas do Sebrae, Gabriel Rizza, a Lei Complementar 123, de 2006, já passou por diversas mudanças, a fim de deixá-la cada vez mais atual e inclusiva. “O Estatuto da Micro e Pequena Empresa é uma lei viva que passou por uma série de alterações no Simples, buscando atualizar essa legislação e trazer demandas dos empresários. Em 2016 foi aprovada a última dessas alterações, que trouxe algumas novidades para o Simples Nacional”.

Continue lendo



Orquestra Furiosa poderá ter bloco no carnaval de rua de Caicó

Os membros da Orquestra de Frevo “A Furiosa”, criada recentemente em Caicó, sonham em sair no carnaval em um trio elétrico rebaixado chamado de “pranchão” e fazer o percurso do corredor da folia ou seja, eles poderão ser mais uma atração da festa momesca caicoense.

O secretário de Desenvolvimento e Turismo de Caicó, Diego Vale, disse em entrevista na Rádio Caicó, que sabe do sonho dos componentes da orquestra de fazer acontecer o projeto e, inclusive, estimulou os organizadores a procurarem incentivos financeiro com a Lei Câmara Cascudo. “Não sei se conseguiram, mas, foi uma das possibilidades que nós sugerimos para o grupo. Esse seria, com certeza, outro bloco fantástico para o carnaval de rua de Caicó“, disse.

No carnaval de 2017, a referida orquestra se apresentou em um dos pólo criados para os foliões. Eles se apresentaram tocando frevo no chão, mas, agora podem levar o estilo para o trio.



“Há muitos anos, a iniciativa privada é parceira do carnaval de Caicó”, disse Diego Vale

Perguntado sobre a palavra privatização no carnaval de Caicó, na entrevista que concedeu nesta segunda-feira (11), na Rádio Caicó, o secretário de Desenvolvimento e Turismo, Diego Vale, disse que “há muitos anos, a iniciativa privada é parceira do carnaval de Caicó“. Um exemplo forte são os dois blocos de rua, o Treme-Treme e o Ala Ursa do Poço de Santana. Ambos tem apoio, principalmente, dos empresários. O Poder Público tem participação pequena.

São as empresas que fazem os blocos estarem na rua ofertando um bom carnaval para todos. A empresa que for organizar o carnaval no percurso dos blocos, vai dar as suas contrapartidas, entre elas, formar equipes para fechar e abrir o percurso em horários pré-definidos, além de fornecer banheiros químicos. Esse é um dos grandes problemas que temos no carnaval de Caicó“, disse Diego Vale.