RN terá R$ 169 milhões em emendas ao OGU; Barragem de Oiticica terá R$ 55 milhões

Bancada federal do RN reunida em Brasília

A bancada federal do Rio Grande do  Norte definiu, ontem, a destinação das seis emendas coletivas ao projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) da União para o exercício financeiro de 2019, no valor de R$ 169,6 milhões, e que são de execução obrigatória por parte do governo federal.

Os oito deputados federais e três senadores potiguares decidiram que a maior parte dos recursos  – R$ 40 milhões e R$ 55 milhões – irá, respectivamente, para a área de segurança pública (23,58%) e de recursos hídricos (32,43%) com a continuação das obras da barragem de Oiticica, na região do Seridó e construção do ramal do perímetro irrigado do Vale do Apodi, na região Oeste.



CBF divulga calendário do futebol brasileiro para 2019

Dentro do calendário acontecerá a Copa América que será no Brasil

A CBF publicou esta semana, o calendário do futebol brasileiro para 2019. O Campeonato Brasileiro da Série A começará em 28 de abril e vai até 8 de dezembro. A Série B, irá de 27 de abril até 30 de novembro. Já a Copa do Brasil, terá seu início no dia 6 de fevereiro. As finais acontecerão nos dias 4 e 11 de setembro. Boa notícia para clubes, atletas e torcedores é que, em 2019, todos os jogos noturnos começarão até o horário de 21h30.

O calendário do futebol brasileiro em 2019 inicia no dia 2 de janeiro, com a abertura da pré-temporada, que terá 18 dias, quatro a mais do que em 2018. Os campeonatos estaduais continuarão a ter 18 datas disponíveis, entre 20 de janeiro e 21 de abril, respeitando a qualificação técnica obtida neste ano e os contratos vigentes.

Continue lendo



Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano

Salário Mínimo proposto ultrapassa mil reais

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano, o que representa alta de 5% em relação ao atual (R$ 954). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (12) pelos ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o PIB cresceu 1%. Para a estimativa de inflação, o governo considerou a previsão de 4% para o índice de inflação que consta do Boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta.



Conmebol oficializa COL da Copa América que acontece no Brasil em 2019

Comitê de organização da Copa América no Brasil é formado

Em reunião do Conselho da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) realizada nesta sexta-feira (23), no Uruguai, a entidade oficializou o início dos trabalhos do Comitê Organizador Local (COL) da Copa América 2019, a ser realizada no Brasil. No encontro, que reuniu representantes das dez confederações do continente, foram aprovadas a estrutura organizacional e a matriz de responsabilidades e definidos os primeiros passos operacionais para a preparação do torneio.

O COL será gerido por um Conselho de Administração formado por cinco integrantes, a saber: o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Antônio Carlos Nunes de Lima, o Vice-Presidente da CBF Fernando Sarney, que presidirá o Conselho, o Diretor Executivo de Gestão da CBF, Rogério Caboclo, que será o CEO, além dos ex-jogadores campeões mundiais pela Seleção Brasileira, Cafu e Branco.

Continue lendo