Abono salarial do PIS/Pasep começa a ser pago hoje

Os últimos beneficiários do calendário 2019/2020 dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) recebem o abono salarial a partir de hoje (19). O prazo máximo para sacar os recursos é 30 de junho de 2020.

Quem é cliente da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil recebeu os recursos por meio de crédito automático no último 17.

O pagamento do PIS para trabalhadores da iniciativa privada é feito pela Caixa, e do Pasep, para servidores públicos, pelo Banco do Brasil.

O último lote do atual calendário foi liberado para os trabalhadores nascidos em maio e junho, no caso do PIS.

Para os servidores, o pagamento foi liberado para aqueles com inscrição final 8 e 9.

Os valores variam de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2018.

Os pagamentos são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2019, com os nascidos naquele mês.

A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores, em todo o calendário do PIS/Pasep.

*Agência Brasil



Nascidos em janeiro e fevereiro podem sacar o Abono Salarial a partir desta quinta (18)

Abono salarial para os nascidos em janeiro pode ser sacado
Abono salarial para os nascidos em janeiro pode ser sacado

A partir desta quinta-feira (18), aqueles trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro já podem sacar o Abono Salarial ano-base 2016.

Têm direito ao beneficio os brasileiros que estão registrados há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep, com remuneração média mensal de até dois salários mínimos, além de terem trabalhado ao menos 30 dias corridos em 2016. No total, quase 3 milhões e meio de pessoas que nasceram em janeiro e fevereiro tem direito ao benefício.

Os valores variam de acordo o tempo de trabalho em 2016, mas podem chegar até R$ 954. Funciona assim: se você trabalhou apenas 30 dias corridos, então vai receber o piso, que é de R$ 80. Agora, se você trabalhou durante todo ano de referência, você recebe o valor total, que é um salário mínimo.

Quem quiser conferir se tem direito ao benefício, pode fazer a consulta no site da Caixa Econômica Federal, que é o www.caixa.gov.br/PIS

O cidadão também pode obter esta informação por meio do aplicativo da Caixa ou pelo 0800 726 0207.O prazo máximo para a retirada do dinheiro é o dia 29 de junho de 2018. Se o recurso não for sacado, ele volta aos cofres públicos.

No ano passado, 22,9 milhões de brasileiros sacaram o abono salarial do ano-base 2015.



Trabalhadores têm até 28 de dezembro para fazer o saque do Abono Salarial de 2015

O prazo máximo para os trabalhadores sacarem o Abono Salarial ano-base 2015 é 28 de dezembro. Tem direito ao benefício quem trabalhou formalmente naquele ano por pelo menos 30 dias e recebeu até dois salários mínimos. É necessário também que a pessoa esteja inscrita no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais, a Rais.

O pagamento será proporcional ao tempo de serviço, ou seja, quem ficou empregado durante os 12 meses vão receber R$ 937. Já o cidadão que trabalhou um mês, pode retirar R$ 79, correspondente a primeira parcela de 12 do valor na íntegra.

De acordo com o Ministério do Trabalho, mais de 1,4 milhão de pessoas ainda não fizeram o saque, e há R$ 990 milhões ainda disponíveis para pagamento. O órgão alerta que o prazo para retirar os valores não será prorrogado.

O dinheiro pode ser sacado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou então em uma casa lotérica. Já os servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Para maiores informações, ligue para o Alô Trabalho, no número 158. A ligação é gratuita se for feita por um telefone fixo.



Quarta fase do abono salarial começa a ser liberada nesta quinta-feira (19)

Os trabalhadores que nasceram em outubro vão poder sacar o pagamento do abono salarial a partir desta quinta-feira (19). O Ministério do Trabalho também vai liberar os valores do PIS/Pasep aos servidores públicos cuja inscrição termine com o número 3. Para retirar o dinheiro, os trabalhadores vinculados ao PIS devem ir às agências da Caixa ou nas casas lotéricas. Já aqueles que forem vinculados ao Pasep vão sacar o benefício no Banco do Brasil.

O chefe de Divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan, dá mais detalhes de quem tem direito ao saque.

“O pagamento do abono salarial é destinado aos trabalhadores que, em 2016, trabalharam por pelo menos 30 dias com carteira assinada, ou nomeado em cargo efetivo, ter recebido, em média, até dois salários mínimos e estão cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos”.

O valor a ser entregue a cada trabalhador é proporcional aos meses trabalhados formalmente no ano-base e varia de R$ 79 a R$ 937.