VÍDEO: Açude Dourado, em Currais Novos, atinge cota máxima e transborda

O açude Dourado, localizado na cidade de Currais Novos, atingiu a sua cota máxima e transbordou aos 46 minutos da madrugada desta terça-feira (03).

O reservatórios que tem capacidade para armazenar 10 milhões 321 mil metros cúbicos de água, estava seco há alguns anos, mas, com as chuvas registradas nas últimas semanas a realidade mudou.

Açude Dourado, em Currais Novos, transborda

O reservatório transbordou aos 46 minutos da madrugada desta terça-feira, dia 3 de março

Publicado por Sidney Silva em Terça-feira, 3 de março de 2020


Açude aumenta sangria e rio segue com cheia em Carnaúba dos Dantas/RN

A cidade de Carnaúba dos Dantas/RN, de acordo com informações que chegam, está com os maiores reservatórios cheios por causa das chuvas registradas desde o início do ano.

Neste domingo (01), o açude Pedro Justino, na comunidade rural Garrotes em Carnaúba, aumentou sua sangria.

Veja imagens do açude Pedro Justino e depois da cheia no Rio Carnaúba.


MPF abre inquérito civil para investigar possíveis fissuras no açude de Santa Luzia-PB

G1/PB – Um inquérito civil público vai apurar a possível existência de fissuras na barragem do açude José Américo, localizado no município de Santa Luzia, Sertão da Paraíba. A portaria que instaura o inquérito foi publicado no Diário do Ministério Público Federal Eletrônico (DMPFE) desta quinta-feira (28) e foi assinada pelo procurador da República Tiago Misael Martins.

No texto, contudo, o procurador não explica o que motivou a abertura de investigação.

A reportagem do G1 entrou em contato com João Pedro Chaves, gerente de operações de mananciais da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) do Governo da Paraíba.

Ele explicou que o primeiro passo é localizar o proprietário do manacial e notificá-lo para analisar o local e eventualmente recuperá-lo. Segundo João Pedro, o açude pode ser do Estado, da União ou mesmo particular. E que, a depender do caso, a fiscalização pode ficar ou com a Aesa ou com a Agência Nacional de Águas (ANA).

De toda forma, ele disse que ao menos por ora a Aesa não foi notificada de nada. A ANA também foi procurada, mas os telefonemas não foram atendidos.


Reservas hídricas do RN permanecem estáveis, com 8 ‘mortos’ e 2 secos, aponta Igarn

Açude Encanto na cidade de mesmo nome tem 100% da capacidade

O Relatório da Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios do Estado divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), nesta terça-feira (26), indica que, mesmo com o final do inverno no interior do Estado, o quadro geral das reservas hídricas superficiais permanece estável com 30,67% do total de armazenamento.

Maior reservatório do Estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves (ARG) está com 693.102.666 metros cúbicos, percentualmente, 28,88% do seu volume total.

Continue lendo


Relatório aponta que Seridó teve melhor recarga de reservatórios com chuvas de 2018

Açude da Pedra foi um dos que mais recebeu água

O primeiro Relatório da Situação Volumétrica dos principais reservatórios do Estado, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN), aponta pouca melhora na situação das reservas hídricas potiguares. A região Seridó foi onde houve maior variável de volume dos açudes, já a região do Alto Oeste não obteve mudança significativa na maioria dos seus mananciais.

Em comparação com o período anterior às últimas chuvas, dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do IGARN, 17 continuam em volume morto e 16 estão secos. Anteriormente, 17 estavam em volume morto e 17 secos. Situado em Santana do Matos, o açude Alecrim estava sem leitura, ou seja, considerado seco. Após as últimas precipitações chegou a 960 mil metros cúbicos, ou 13,71% da sua capacidade que é de 7 milhões de m³.

Continue lendo


Rios que deságuam no açude de Cruzeta estão com cheia depois de chuvas

O Blog do Seridó informa que com as chuvas ocorridas no final da tarde de ontem domingo (12) para início da noite, o rio Salgado e Quimporó vem descendo com um bom volume d’água em direção ao açude público de Cruzeta.

Essas são as primeiras águas que o açude público de Cruzeta vem recebendo no período chuvoso deste ano, o manancial se encontra em seu volume morto.

O volume das chuvas, em especial na zona rural de Cruzeta ocasionaram a cheia dos dois rios, onde no sítio São Bento choveu 130mm, sítio Sabão 120mm, fazenda Estrela do Norte e sítio Parelhas 90mm e sítio Vaca Brava 70mm.