São Fernando terá abastecimento realizado através de adutora emergencial de Caicó

Adutora emergencial de Caicó também vai abastecer São Fernando

Em virtude da seca que atinge a região, o açude municipal que atende a cidade de São Fernando, no Seridó, está com baixo nível. Para atender a população deste município, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realizará o abastecimento através da adutora emergencial de Caicó.

A adutora emergencial capta água na Barragem Armando Ribeiro e leva água para Caicó. Já de Caicó para São Fernando, a água será transportada pela adutora Manoel Torres. Esta adutora é a que normalmente leva água do rio Piranhas para Caicó.

O fornecimento de água acontecerá em sistema de rodízio, sendo abastecida aos sábados e domingos.



Laginhas ganhará ramal da adutora emergencial de Caicó

Laginhas ganhará ramal da adutora emergencial de Caicó

O prefeito de Caicó, Batata Araújo, acompanhou neste sábado (1º) a interligação do ramal da adutora emergencial para o distrito de Laginhas, a 26 quilômetros da sede do município.

No último dia 20 de junho, o prefeito participou de audiência com o coordenador estadual do DNOCS, José Eduardo, em Natal, na presença também dos vereadores caicoenses Odair Diniz, Erinaldo Lino, Lobão Filho, Ivonete Dantas e José Filho para tratar do assunto. Batata já havia solicitado a interligação desde o dia 13 de janeiro deste ano.

Nós entregamos um ofício ao representante do DNOCS, solicitando a autorização para que a CAERN realizasse a interligação. O ramal fica localizado na entrada daquela comunidade”, explicou o prefeito.



Caern anuncia bairros abastecidos pela adutora emergencial nesta quarta-feira (24)

Adutora emergencial voltou a funcionar e já abastecendo Caicó

No final da manhã desta quarta-feira (24), a diretora do escritório regional da CAERN, Rosi Gurgel, repassou ao Blog Sidney Silva, os bairros que serão abastecidos nesta quarta-feira (24), com a água proveniente da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves em Assu, depois restabelecimento da adutora emergencial.

As localidades são: Zona Leste, às áreas mais baixas. Zona Oeste, os bairros João XXIII, Walfredo Gurgel, Barra Nova (setor da Praça do Entroncamento), Soledade, João Paulo II, Paulo VI, Adjuto Dias. Ainda serão abastecidas as partes baixas do Centro e Bairro Paraíba.



Com problemas técnicos, adutora emergencial parou de funcionar na manhã desta segunda

Adutora emergencial parou, mas, Caern confirma retorno de bombeamento nas próximas horas – (Imagem: Sérgio Fogaça/InterTv Costa Branca)

A adutora emergencial instalada pelo Dnocs para abastecer Caicó com água da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, apresentou mais um problema na manhã desta segunda-feira (15). A informação foi confirmada pela gerência da Caern no Seridó, que também afirmou que nas próximas horas o abastecimento volta ao normal.

O problema teria sido no ponto de captação que não tem energia elétrica e funciona com um gerador e foi justamente o referido equipamento que apresentou problemas. “Nós já estamos com nossas equipes trabalhando no local e esperamos que até o meio dia, tenhamos o retorno do funcionamento da adutora“, disse Rosi Gurgel, em contato com o Blog Sidney Silva.



Caern identificou local de vazamento que provocou paralisação no abastecimento de Caicó

A adutora emergencial que foi instalada por empresa contratada pelo Dnocs, para abastecer a cidade de Caicó, com água da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, a partir da adutora da Serra de Santana, está sem funcionar desde a tarde de quarta-feira (10). O motivo, é um vazamento que foi identificado na encanação na região de Jucurutu. A gerente-regional da Caern, Rosi Gurgel, disse em entrevista na Rádio Caicó, que o vazamento já foi identificado e que até esta sexta-feira, deve ser consertado.

Na mesma entrevista, Rosi Gurgel, disse que a população de Caicó deve desconsiderar o calendário de rodízio que foi divulgado pela Caern para o mês de maio. De acordo com ela, um novo calendário será elaborado, haja vista, o período com água ser de 15 dias e não mais de 30 dias, como antes.

Assista a entrevista de Rosi Gurgel:



Abastecimento de Caicó está suspenso para ajustes na Adutora Emergencial

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está operando em fase de testes a Adutora Emergencial de Caicó, equipamento construído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Em um dos testes realizado nessa quarta-feira (10), a adutora apresentou a necessidade de ajustes, fazendo com que a Caern interrompesse o abastecimento no fim do dia.

As equipes técnicas já estão trabalhando no local para ajustar a adutora e retomar o abastecimento. A gerente da Regional Seridó da Caern, Rosy Gurgel explica que situações como essa são normais durante a fase de testes e informa que o abastecimento deverá ser retomado até a noite desta sexta-feira (12).



Vivaldo diz que local de captação da adutora emergencial de Caicó está congestionado

Vivaldo Costa pede na ALRN que autoridades mudem ponto de captação da adutora emergencial de Caicó

O deputado Vivaldo Costa (PROS) protocolou no plenário da Assembleia Legislativa pedido reivindicando que o Governo Federal disponibilize recursos para a construção de um novo ponto de captação na adutora de Caicó. Em recente discurso o parlamentar disse que a atual adutora é uma “gambiarra” pois capta água de um local onde já está congestionado. Para Vivaldo o ideal é um ponto de captação na região do Mazagão, município de São Rafael. “A adutora Serra de Santana atende 45 mil pessoas e deve ampliar esse total para aproximadamente 87 mil pessoas quando atingir os outros municípios contemplados”.

Vivaldo disse que a proposta está pronta e foi encaminhada ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca. “A adutora emergencial precisará de um novo ponto de captação. O projeto deve tirar água da região do Mazagão, município de São Rafael, e levá-la até a estação de tratamento da adutora Serra de Santana por meio de um canal de 14 quilômetros de extensão. O novo ponto de captação necessita de R$ 7,5 milhões para sua implantação”.



Em entrevista, Rosy Gurgel, confirma que Caicó começa a ser abastecida pela adutora emergencial

A gerente regional da Caern, Rosy Gurgel, confirmou na manhã desta segunda-feira (08), em entrevista na Rádio Caicó, que a adutora emergencial instalada e construção pelo Dnocs foi entregue oficialmente e está funcionando.

A partir de hoje, a cidade de Caicó, passa a ser abastecida pelo período de 15 dias. Enquanto os municípios da Serra da Santana, ou seja, Florânia, Lagoa Nova, Tenente Laurentino Cruz, Bodó e São Vicente, ficam sem abastecimento. Passado, o período, essas cidades é que receberão a água pela adutora e Caicó, fica sem abastecimento.

Assista a entrevista de Rosy Gurgel:



Caicó passa a ser abastecida pela adutora emergencial

Adutora emergencial começa a abastecer Caicó

A adutora emergencial já está em operação. A informação foi confirmada pelo presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, José Procópio de Lucena. De acordo com ele, o abastecimento pela captação no Rio Piranhas, estará beneficiando, temporariamente apenas a cidade de Jardim de Piranhas.

Em contato que Procópio manteve com a gerente regional da CAERN, Rosy Gurgel, foi confirmado que a partir de hoje (08) o abastecimento de Caicó já será pela adutora emergencial. Já com relação ao abastecimento de São Fernando e Timbaúba dos Batistas serão feitos pelos abastecimentos locais. No caso de São Fernando será através do Açude Público, e em Timbaúba dos Batistas pelo açude particular no Sítio Encampinado.

A expectativa é que até a próxima quarta-feira (10), os abastecimentos das duas cidades estejam normalizados.



Equipe da Caern vistoriou Adutora Emergencial de Caicó

Nesta terça-feira (18), uma equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte participou, a convite da Defesa Civil Estadual, de uma visita a Adutora Emergencial de Caicó.

O objetivo da visita, que é coordenada pela Defesa Civil Nacional, foi vistoriar o equipamento. A obra da adutora foi realizada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS.

A equipe da Companhia participou também de uma visita em áreas que tem projetos prospectados pela Caern.