Aldeias Infantis SOS lançam campanha “Amigo Aldeias”

As Aldeias Infantis SOS lançou, em Caicó, o programa Amigos SOS, que tem o objetivo de buscar empresários e pessoas físicas que possam contribuir financeiramente com a instituição. Para isso, foi disponibilizado um site no qual o contribuinte pode disponibilizar os dados pessoais e financeiro e concluir sua contribuição. A campanha é permanente e, além da plataforma virtual, os integrantes da instituição elaboraram uma carta que será entregue aos comerciantes e empresários caicoenses.

Aldeias lançou a campanha

“As pessoas querem doar e tem essa sensibilidade, porém elas querem segurança naquilo que estão fazendo, sobretudo elas querem saber para onde vai o dinheiro e qual instituição será beneficiada. No caso de Aldeia Infantil, nós temos um trabalho aqui na região há 38 anos e são milhares de crianças e adolescentes beneficiadas nas quatro regiões de Caicó, principalmente no trabalho de acolhimento e fortalecimento”, disse Santiago Júnior, gestor das Aldeias em Caicó.

Para a captadora de recursos das Aldeias, Joana Sultanum, “as Aldeias mantem-se com doações e é fundamental que possamos continuar com os nossos programas. Portanto, nós temos uma página específica para Caicó que as pessoas podem doar qualquer valor que será direcionado para a instituição aqui no município”, explicou.

Campanha Cofrinho

Além do programa Amigo SOS, as Aldeias Infantis SOS Caicó também lançou a campanha “Seu troco = proteção”, que consiste na colocação de cofrinhos em pontos comerciais da cidade de Caicó. Durante o período da campanha, as pessoas vão poder depositar o troco nos cofrinhos. Todo o valor arrecado será destinado para as atividades do programa em Caicó. “Estamos com dez pontos selecionados no comércio caicoense e é um outro projeto importante para as nossas ações” ressaltou Joana.

Ainda de acordo com Santiago Júnior, “essa é uma ação na qual vamos direcionar recursos para atividades de apoio as atividades de lazer e socioculturais das crianças no acolhimento, um dos eixos de desenvolvimento que trabalhamos no plano de desenvolvimento de cada criança”, destacou o gestor das Aldeias.



Sem repasse da Prefeitura, acolhimento de crianças nas Aldeias pode ser prejudicado

Um dos serviços prestados pelas Aldeias Infantis S.O.S de Caicó, que é o acolhimento institucional, poderá ser suspenso. O assunto foi abordado pelo vereador Lobão Filho (PMDB), na Tribuna da Câmara de Vereadores, na sessão ordinária desta segunda-feira (06).

A instituição desenvolve um leque considerável de atividades, mas, o que foi mencionado pelo vereador pode parar por causa da falta de repasses da Prefeitura Municipal, que tem convênio com as Aldeias. As informações dão conta que a gestão atual, está há 4 meses (Julho, Agosto, Setembro e Outubro), sem fazer o repasse financeiro, de 10 mil reais por mês. Ao todo, a Prefeitura tem que repassar 120 mil reais por ano.

O Blog Sidney Silva tentou contato com o presidente das Aldeias Infantis S.O.S, Francisco de Assis Santiago Júnior, mas, não conseguiu.