Advogada investigada na Operação Medellín por descumprir benefícios da liberdade provisória

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc), prenderam a advogada Ana Paula Nelson, na tarde desta quinta-feira (08), mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

A Justiça expediu um mandado para que ela fosse presa porque a mesma não estava cumprindo regras impostas para aqueles que estão na liberdade provisória e com o uso de tornozeleira eletrônica.

A advogada, Ana Paula havia sido presa pela Denarc, em 2016 durante a realização da Operação Medellín. Ela foi presa em Natal, quando estava na casa da mãe.