Polícia Civil de Patu com apoio da PM prende suspeitos de furtarem animais na Paraíba

Presos roubada animais no Sertão da Paraíba – (Fotos: Divulgação/ Polícia Civil)

Uma ação da Polícia Civil de Patu com apoio do Grupo Tático Operacional da Polícia Militar (GTO-PM) resultou na prisão em flagrante, neste sábado (16), de quatro suspeitos de furtarem animais na divisa entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba.

Na abordagem, quatro suspeitos foram presos, são eles, Maxsuel Fernandes Belarmino, Marcelo de Souza Vieira, Adenilson de Araújo Silva e Tales Saldanha de Aquino. Com o grupo, um caminhão carroceria foi apreendido, e sete vacas, quatro garrotes e alguns bezerros foram recuperados e restituídos ao proprietário.

A Polícia Civil do RN recebeu informações da Polícia Civil da Paraíba, de que na madrugada da sexta-feira (15) para o sábado (16), animais haviam sido furtados na cidade de São Bento, na Paraíba, cidade que faz divisa com o RN. Após o crime, diligências foram realizadas, o que resultou na interceptação de um caminhão com os animais furtados em uma rodovia que liga as cidades de Patu/RN e Catolé do Rocha/PB.

Os suspeitos foram autuados pelo crime de furto e em seguida encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.



Prefeitura continua sem fazer captura de animais soltos nas ruas de Caicó

Animais soltos na tarde deste sábado em Caicó

Os animais continuam soltos nas ruas de Caicó, sem que a Secretaria de Agricultura da Prefeitura Municipal, tome uma providência.

A foto foi feita pelo vereador Andinho Duarte e postada em suas redes sociais, como forma de denunciar o fato em questão.

Em praticamente todos os bairros de Caicó, é possível encontrar os animais soltos.





Andinho propõe projeto que proíbe abandono de animais em Caicó

Projeto do vereador Anderson Cleyton quer proibir soltura de animais nas ruas

O vereador Anderson Clayton (PRP) apresentou na sessão desta quarta-feira (19) o Projeto de Lei 021/17 que proíbe o abandono de animais domésticos em ambientes públicos.

Andinho explicou que o não comprimento da lei poderá gerar uma multa de até 3 salários mínimos para o infrator da lei. Para que fique claro para a população a lei em vigor deverá ser instalado em vários estabelecimentos e pontos estratégicos placas de sinalização contendo a lei e a penalidade caso não seja cumprida.

O projeto de Lei apresentado traduz a revolta e insatisfação da população com as pessoas que abandonam os animais domésticos em ambientes públicos. O ato do abandono prejudica severamente tanto aos animais domésticos, como as pessoas que utilizam os referidos espaços“, disse o parlamentar.