Apodi: MPRN recomenda suspensão de convênio com a Apami

Devido a irregularidades no contrato, Promotoria recomenda corte de recursos destinados à Associação

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou à Prefeitura de Apodi, cidade da região Oeste potiguar, que suspenda imediatamente o convênio com a Associação de Proteção e Assistência a Maternidade e a Infância (Apami). Todos os repasses públicos e novos convênios devem ser interrompidos devido à quebra de contrato da entidade. A recomendação é da 1ª Promotoria de Justiça de Apodi e foi publicada na edição desta quarta-feira (31) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Continue lendo



Advogado preso em Caicó é transferido para Apodi

Advogado Geovaniny Pimentel foi transferido para Apodi

O advogado, Geovaniny Fonseca Pimentel, que está preso desde o dia 28 de outubro de 2017, acusado de porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa, foi transferido na manhã desta quarta-feira (17), para o Centro de Detenção Provisória da cidade de Apodi/RN. Ele estava recolhido em uma das celas do CDP de Jucurutu e lá ocupava o espaço com outros dois policiais. Representantes da OAB, pediram à Justiça que Geovaniny fosse transferido para um local onde ficasse sozinho e como em Apodi, tem cela especial, foi transferido.

O advogado foi transferido pela manhã e ficará à disposição da Justiça aguardando decisão que o ponha em liberdade como pleiteiam seus defensores.

Já foram impetrados pedido de liberdade em favor de Geovaniny, mas, nenhum foi concedido.

O advogado foi detido na companhia de Wanderson Hébert Farias e Luís Carlos Soares na noite de sábado, dia 28 de outubro, nas imediações da Praça Dom José Delgado, no Bairro Paraíba em Caicó. No carro onde estavam, foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver de calibre 22 e outro de calibre 32, este último pertencente ao advogado Geovaniny.

Consta ainda no processo, informação de que os presos Wanderson e Luiz Carlos, teriam dito em depoimento que iriam fazer um assalto em uma academia localizada nas imediações de onde foram presos e que não o fizeram porque viram um policial no local.

A prisão do trio se deu depois que a movimentação suspeita foi identificada. Uma viatura que fazia rondas no setor logo foi acionada e fez a abordagem no carro que era ocupado pelos suspeitos.

O advogado disse em seu depoimento que passava no local e reconheceu um de seus clientes e parou para cobrar honorários advocatícios.



Policial militar foragido há 25 anos é preso em São José de Mipibu

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu localizar e prender na manhã de quinta-feira (4) o policial militar aposentado Izaldo Antônio da Silva. Ele é condenado a 20 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato de Feliciano Efigênio da Silva, crime cometido em 9 de março de 1989 na cidade de Apodi, no Oeste potiguar. Izaldo foi preso quando saía da casa de um filho em São José de Mipibu, na Grande Natal.

O policial militar estava foragido havia 25 anos, desde que foi condenado pela primeira vez pelo Tribunal do Júri de Apodi. Ele foi localizado e capturado por uma equipe do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, após meses de trabalho de inteligência.

Continue lendo



Apodi: Chefe de facção criminosa acusado de matar vigilante tem Habeas Corpus negado

O acusado de ter sido um dos executores, no homicídio encomendado do vigilante Francisco Cabral Neto, de 52 anos, foi mantido preso após uma decisão no TJRN, após julgamento do Habeas Corpus Com Liminar n° 2017.013922-4. O preso Igor Vinícius de Lima Neris, apontado como o chefe do Sindicato do RN (Facção criminosa dos presídios) teria sido contratado por cerca de R$ 1500,00 para participar da execução da vítima, que ocorreu em abril deste ano. O mandante foi identificado como um outro vigilante, José Edilson Pereira da Silva, o qual, segundo as investigações iniciais, queria ficar com o emprego no Instituto Federal de Educação Tecnológica de Apodi.

Francisco Cabral foi assassinado quando chegava em casa, depois de mais um plantão no dia 11 de abril e como se tratava de um cidadão ‘conhecido na cidade’, houve toda uma mobilização da população para ajudar a polícia a identificar os suspeitos pelo crime. Igor Vinícius foi preso pela suposta prática dos crimes previstos nos artigos 180 e 288 ambos do Código Penal.

Dentre os argumentos para o HC, a defesa ressaltou as supostas condições pessoais favoráveis do acusado e sustentou a possibilidade de substituição da prisão preventiva por quaisquer das medidas cautelares previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal.

No entanto, a decisão no TJRN considerou que, no caso dos autos, no atual momento processual, os documentos acostados não são hábeis a demonstrar o apontado constrangimento ilegal, já que a fundamentação do julgamento de primeiro grau, que mantém a custódia preventiva, se apresenta justificada, diante da necessidade de garantir a ordem pública.

*Fonte: TJRN



Polícia Civil de Apodi prende mandante do assassinato de vigilante do IFRN

Polícia Civil de Apodi prende mandante do assassinato de vigilante do IFRN

Uma equipe de policiais civis da Delegacia de Apodi com apoio da Polícia Militar prendeu, nesta quinta-feira (21), José Edilson Pereira da Silva, 32 anos, em cumprimento a um mandado de prisão. Ele é suspeito de ser o mandante do assassinato de Francisco Cabral Neto, 52 anos, vigilante do IFRN da cidade de Apodi. O crime aconteceu no dia 11 de abril deste ano.

O executor do crime foi um adolescente de 17 anos, que confessou o crime e foi apreendido no dia seguinte ao assassinato. O adolescente teria recebido a quantia de R$ 300,00 (trezentos reais) para atirar com uma arma de fogo contra o vigilante, e deveria receber mais R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) após a morte da vítima.

Também teve participação no crime a pessoa de Igor Vinícius, mais conhecido como “Bigulao”, 19 anos, preso na semana passada. Ele teria indicado à José Edilson, pela quantia de R$ 300,00 (trezentos reais), o adolescente para praticar o crime. José Edison confessou ter encomendado o crime e ter levado o adolescente de carona até o vigilante e oferecido a fuga após o assassinato. Ele alegou que a motivação do crime teria sido vingança após uma humilhação sofrida em uma briga com a vítima.

Os dois homens envolvidos no crime foram presos e encaminhados ao Sistema Prisional, o adolescente foi apreendido e todos aguardarão a decisão da Justiça.



Etapa da Biometria revisional começa nesta quarta-feira (13) em Apodi

Etapa da Biometria revisional começa nesta quarta-feira (13) em Apodi

A  cidade de Apodi, da 35ª Zona Eleitoral, abre a 5ª etapa da Biometria Revisional (Ciclo 2017/2018) do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) nesta quarta-feira, 13 de setembro. Os eleitores de Apodi terão até 26 de outubro de 2017 para realizar o cadastramento biométrico obrigatório.

Os atendimentos vão acontecer às segundas de 9h às 16h, de terça à sexta de 8h às 16h e no sábado de 8h às 14h, no Cartório Eleitoral, que fica na Rua Francisco Roberto Carlos de Morais, 89, em Pequé.

Para fazer o cadastramento biométrico, os eleitores devem estar munidos de título de eleitor, originais e cópias do documento de identificação com foto e do comprovante de residência recente. Quem não realizar a identificação biométrica terá o título cancelado e poderá sofrer impedimentos em benefícios sociais, em concursos públicos, irregularidade do CPF e passaporte, entre outras conseqüências.

Nessa 5ª fase da biometria revisional, serão atendidos 17 municípios do RN. A partir desta quarta-feira (13), começa Apodi, e em outras datas, também serão biometrizados os moradores das seguintes cidades: Serra Negra do Norte, São João do Sabugi, Jucurutu, São Rafael, Campo Redondo, Doutor Severiano, São Miguel, Jaçanã, Japi, Santa Cruz, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Ipueira, Venha Ver, Coronel João Pessoa e Lajes Pintada.

Locais e Datas da 5ª etapa da Biometria revisional:

1) Apodi (35ª ZE):
Início:  13 de setembro
Encerramento: 26 de outubro.
Local: Cartório Eleitoral – Rua Francisco Roberto Carlos de Morais, 89 – Pequé

2) Serra Negra do Norte (26ª ZE):
Início: 26 de setembro
Encerramento: 26 de outubro
Local: Rua Otaviano Augusto de Araújo, 63 – Centro

3) São João do Sabugi (26ª ZE):
Início: 26 de setembro
Encerramento: 10 de outubro.
Local: Câmara Municipal – Rua José Maria, 57 – Centro

4) Jucurutu ( 27ª ZE):
Início: 26 de outubro
Encerramento: 25 de outubro.
Local: Fórum Municipal – Rua Vicente Dutra de Souza, 139 – Centro

5) São Rafael (27ª ZE):
Início: 26 de setembro
Encerramento: 11 de outubro.
Local: Câmara Municipal – Rua José Pedro de Azevedo, 730 – Centro

6) Campo Redondo (68ª ZE):
Início 27 de setembro
Encerramento: 11 de outubro
Local: Centro Administrativo (antigo CENEC) – Rua José Francisco de Souza, 4 – Centro

7) Doutor Severiano (43ª ZE) :
Início: 27 de setembro
Encerramento:11 de outubro
Local: Câmara Municipal – Rua Princesa Isabel, 7 – Centro

8) São Miguel (43ª ZE):
Início: 27 de setembro
Encerramento: 26 de outubro
Local: Cartório Eleitoral – Rua Coronel João Pessoa, 300 – Centro

9) Jaçanã (68ª ZE):
Início:  27 de setembro
Encerramento:10 de outubro
Local: Câmara Municipal – Rua Manoel Fortunato, 108 – Centro

10) Japi (16ª ZE):
Início: 28 de setembro
Encerramento: 11 de outubro
Local: Serviço de Convivência (Antigo PETI) – Rua Manoel Medeiros, S/N – Centro

11) Santa Cruz (16ª ZE):
Início: 28 de setembro
Encerramento: 27 de outubro
Local: Centro de Referência Especializada da Assistência Social – CREAS – Rua Marechal Castelo Branco, 48 – 3A1

Em outubro,  a Biometria revisional chega aos municípios de:

12) São Bento do Trairi (16ª ZE):
Início: 14 de outubro
Encerramento: 27 de outubro
Local: Secretaria Municipal de Assistência Social – Av. Progresso, 720 – Centro

13) Coronel Ezequiel (68ª ZE):
Início: 14 de outubro
Encerramento:27 de outubro
Local: Câmara Municipal – Rua Sen. Georgino Avelino, 100 – Centro

14) Ipueira (26ª ZE)
Início: 14 de outubro
Encerramneto: 26 de outubro
Local: CEMUREB – Av. Fundador Francisco Quinino de Medeiros, S/N – Centro

15) Venha Ver (43ª ZE):
Início:14 de outubro
Encerramento: 26 de outubro
Local: Câmara Municipal – Rua Pedro Trajano Torres, S/N – Centro

16) Coronel João Pessoa (43ª ZE):
Início: 14 de outubro
Encerramento: 26 de outubro
Local: Câmara Municipal – Rua Alcides Viana, 210 – Centro

17) Lajes Pintada (68ª ZE):
Início: 14 de outubro
Encerramento: 27 de outubro
Local: Centro Administrativo – Rua São Francisco, 80 – Centro

Horário padrão de atendimento para todos os 17 municípios: 
Segunda-feira – de 9h às 16h,
De terça à sexta – de 8h às 16h
Sábado – de 8h às 14h.

ASCOM TRE RN

E-mail: ascom@tre-rn.jus.br

Fones: (84) 4006 5608 / 5609

Twitter: @trern

Facebook: trernjusbr



Polícia Civil de Apodi apreende adolescente suspeito de latrocínio contra vigilante

Vigilante do IFRN é morto em Apodi
Vigilante do IFRN é morto em Apodi

Uma equipe de policiais civis da Delegacia de Apodi apreenderam, nesta quarta-feira (12), um adolescente de 17 anos pelo latrocínio do vigilante do Instituto Federal do Rio Grande do Norte de Apodi, Francisco Cabral Neto, assassinado com seis tiros por duas pessoas em uma moto, na manhã desta terça-feira (11), na calçada de sua residência, localizada no bairro Betel, em Apodi. Através de investigações, comandadas pelo delegado de Apodi Renato Oliveira, os policiais civis identificaram e apreenderam o adolescente, que confessou ser o autor do crime, sendo ele integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital. Em sua rede social, o jovem faz apologia ao crime e a facções criminosas.

A apreensão foi realizada através de denúncias anônimas repassadas ao Disque Denúncia da Polícia Civil de Apodi pelo aplicativo WhatsApp Messenger de número (84) 99119-0123. O adolescente foi conduzido ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) de Mossoró, onde foram apontados, através de exame pericial, resquícios de pólvora na mão do jovem. Segundo o delegado Renato Oliveira, o adolescente confessou que não se arrepende do crime e que o teria cometido juntamente com outro comparsa com o objetivo de roubar a motocicleta do vigilante, tendo este reagido ao crime e sido alvejado. O adolescente de 17 anos foi autuado por crime análogo de latrocínio.



EMPARN implanta cultura de frutas no semiárido

EMPARN implanta cultura de frutas no semiárido

Um projeto sobre culturas alternativas para o semiárido potiguar está sendo desenvolvido pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), na Estação Experimental de Apodi, na Região Oeste. Foram adquiridas 900 mudas frutíferas, de uma empresa de São Paulo, para plantio no período de chuvas naquela região do Estado.

Com instalação prevista para este mês de março, serão cultivadas as variedades Maçã Fuji, Pêra Século XX, Cacau 1319, Pêssego Flor da Prince, Amora Preta, Abacate Fortuna e Manteiga, Caqui Tomate, Uva Itália e Red Globe e Tangerina Ponkan. O projeto tem o patrocínio do Banco do Nordeste e conta com recursos no valor de R$ 89 mil. O responsável é o pesquisador da EMPARN Amilton Gurgel Guerra.

O principal objetivo é avaliar o potencial agronômico e econômico dessas espécies frutíferas, a maior parte de clima temperado, mas adaptadas ao semiárido. A expectativa é disponibilizar, em até três anos, novas opções de cultivos para áreas castigadas pela escassez de chuvas.



Polícia Civil de Apodi prende estelionatário que fingia ser arquiteto da Odebrecht

Claudio Roberto foi preso em Apodi

Uma equipe de policiais civis da Delegacia de Apodi, com apoio da Polícia Militar, prendeu em flagrante Claudio Roberto Pontes Morais, na noite desta quinta-feira (16), pelo crime de estelionato. O homem, que é natural de Paraguaçu Paulista, São Paulo, já foi preso em Goiás e Bahia. No momento da prisão, os policiais civis apreenderam com ele um crachá e vários cartões de visita apresentando Carlos Roberto como arquiteto da Odebrecht Realizações Imobiliárias.

A Polícia Civil descobriu que o homem estava em Apodi após receber denúncias de uma senhora que tinha hospedado o suspeito em sua casa. “Claudio Roberto chegou em Apodi, na segunda-feira (13), contando que era arquiteto da Odebrecht e que havia sofrido um roubo na cidade de Mossoró. A senhora decidiu ajudar o homem e o hospedou em sua residência. Durante a semana, Claudio Roberto realizou várias compras no comércio local em nome da vítima, o que despertou a atenção da senhora. Nossa equipe fez uma rápida investigação e descobriu que Claudio Roberto era um estelionatário, com atuação em outros estados do Brasil”, revelou o delegado de Apodi, Renato Oliveira.

Cartões apreendidos pela Polícia Civil em Apodi – (Foto: Divulgação/Polícia Civil RN)

Na noite desta quinta-feira, as equipes policiais foram até a residência onde Claudio Roberto estava e apreenderam com o suspeito um crachá da empresa Odebrecht, com o nome de Claudio e a função de arquiteto; carimbo com informação da Odebrecht; um carimbo em nome de Claudio R.P. Morais, com a função arquiteto; cartões de apresentação com o nome do detido e a função de arquiteto; uma quantia de R$ 511 e aparelhos celulares. Claudio Roberto confessou na Polícia Civil que elaborou os carimbos e cartões falsos e que já foi preso em outros Estados.

Histórico – No dia 26 de março de 2014, Claudio foi preso em flagrante pela Polícia Civil da Bahia, no município de Oeiras, tentando aplicar golpes em comerciantes da região e utilizando um documento falso. Claudio também se passava como representante da escolinha de futebol do Sport Clube Corinthians Paulista. No momento em que foi conduzido à delegacia, ele fingiu um desmaio.

Na época, ele era um dos fugitivos da carceragem da cidade de Milagres. No dia 11 de outubro de 2013, ele e mais três detentos renderam, agrediram e trancaram o carcereiro em uma das celas para realizar a fuga.