Dupla é presa com seis armas de fogo em operação no Sertão da PB

Armas apreendidas pela Polícia

Duas pessoas foram presas e pelo menos seis armas de fogo foram apreendidas durante uma operação deflagrada na cidade Paulista, no Sertão paraibano. As armas foram encontradas depois de uma investigação conjunta entre a Polícia Civil da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Segundo a investigação policial, a suspeita é de que essas armas estavam sendo fornecidas para a prática de crimes de roubo e homicídios em cidades da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que formam divisa na região do Sertão do estado. A operação foi nessa quinta-feira (27).

Entre as armas apreendidas estavam uma espingarda calibre 12, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38, além de outras três espingardas. Também foram apreendidas munições e uma faca. Os suspeitos e as armas foram levados para a delegacia de Polícia Civil, em Catolé do Rocha, no Sertão.



Operação Moisés: Dois foram presos e 7Kg de cocaína apreendidos

Droga foi encontrada por cães farejadores enterrada no muro de uma granja

A Polícia Federal divulgou um balanço da OPERAÇÃO MOISÉS que foi deflagrada na sexta-feira, (26), na região metropolitana de Natal, com apoio da Polícia Militar, visando combater o tráfico de drogas.

Ao todo foram cumpridos 5 mandados judiciais de busca e apreensão e dois de prisão. Fora detidos, um autônomo, de 32 anos, paraibano, preso em flagrante na Zona Norte da capital por posse ilegal de arma e munição. Possui antecedentes por crime de homicídio e um comerciante, de 58 anos, paraibano, preso em Macaíba, suspeito de tráfico de drogas. Possui antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime e já foi preso pela PF, anteriormente, em Brasília, no ano 2000.

Durante a ação, foi apreendida uma pistola calibre 380 (com 71 munições) e ainda, aproximadamente, 7 quilos de cocaína que estavam enterrados no terreno de uma granja em Macaíba, além de celulares, veículos, dinheiro, joias, petrechos e insumos que sugerem o possível processamento de drogas.

A PF, também, representará pela indisponibilidade dos bens imóveis de propriedade dos investigados.

O nome da Operação, Moisés, de acordo com o delegado Osvaldo Scalezi Júnior, faz referência a um dos membros dos grupo criminoso que traficava droga e foi preso, que era chamado pelos comparsas por Moisés.



Fugitivos do PEP são recapturados pela PM

Drogas, celular e outros objetos apreendidos dentro do PEP

Diligências da Polícia Militar resultaram na apreensão de três foragidos da Penitenciária Estadual de Parnamirim na tarde desta sexta-feira (26). Adriano Azevedo da Silva, Manoel batista da Silva Jr e Jonathan Ferreira da Silva haviam escapado ontem do presídio.

Além disso, uma operação realizada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) no início desta tarde culminou com a apreensão de drogas na PEP. A ação foi comandada pelo secretário-adjunto da pasta de Justiça e Cidadania do governo do Rio Grande do Norte, Michael Anderson.

Ao todo, foram revistados individualmente 500 internos, dos quais dois foram flagrados com entorpecentes e conduzidos à delegacia. Uma quantidade de droga foi abandonada tão logo a operação teve início.

Além disso, um celular, carregador, chips, fones de ouvido e cachimbos artesanais também foram recolhidos pelos policiais.



Operação “Pano de Prato” prende 12 pessoas envolvidas com tráfico de drogas

Presos na Operação Pano de Prato em Jardim de Piranhas

Na manhã desta sexta-feira (26), a Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, da Polícia Civil da Paraíba e da Polícia Rodoviária Federal, deflagrou a “Operação Pano de Prato” em cidades que fazem parte da região de Caicó, com o objetivo de prender pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Até o momento, foram presos 12 suspeitos mediante mandados de prisões, sendo que destas prisões, duas foram cumpridas contra acusados que já estão presos, em unidades do sistema prisional do do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Além das prisões, também foram apreendidos três adolescentes. A Operação ainda está em andamento e outras prisões ainda podem ser efetuadas.

As prisões foram efetivadas nas cidades de Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas, Caicó, na zona rural da cidade de Serra Negra do Norte e na cidade de Brejo do Cruz, no Estado da Paraíba. Um mandado de prisão foi cumprido contra um acusado que está detido na Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, em Caicó e outro mandado foi cumprido contra um homem detido na Cadeia Pública de Brejo da Cruz, na Paraíba.

Durante a Operação foram presos Artur dos Santos Marques, 19 anos; Damião Fernandes dos Santos; Agricio Batista de Medeiros, 35 anos; Afran Marcolino Gomes, 35 anos; Oreste Resende Santiago, 27 anos; Francisco dos Santos Dultra, 26 anos; Jonh Lenno da Silva, 24 anos; Francinildo dos Santos, 34 anos; Cledimar dos Santos, 47 anos e Mirthes Luanny de Medeiros, 20 anos.

Planta de maconha encontrada em Jardim de Piranhas

Três suspeitos detidos, também foram autuados pela prática de crimes em flagrante. Damião Fernandes dos Santos estava com uma espingarda e foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e Agricio Batista de Medeiros foi autuado por tráfico de drogas. Na casa de um dos adolescentes, os policiais apreenderam um “pé de maconha”.

A operação contou com o trabalho de equipes da Polícia Civil da 3a. Delegacia Regional de Polícia Civil de Caicó e de várias delegacias do interior do Estado, totalizando a ação de 16 delegados e 50 policiais civis. Também atuaram na ação equipes do Grupo Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar das cidades de Timbaúba e Jardim de Piranhas, além da Polícia Rodoviária Federal. Policiais civis de Brejo do Cruz, no Estado da Paraíba, também deram apoio à Operação.

A Operação recebeu este nome devido ao fato de, na investigação, ter sido constatado que os criminosos utilizavam o termo “pano de prato” e “bordado” para se referirem à negociação de drogas.



Polícia Militar prende dois e apreende arma, munições e dois adolescentes no João Paulo II

Arma e munições foram apreendidas juntamente com dois adolescentes na ação da PM que ainda rendeu a prisão de dois maiores Foto Divulgação PM

Uma ação realizada na madrugada desta segunda-feira (22), por volta das 2 horas em uma casa no Bairro João Paulo II, (Zona Oeste) por policiais militares de Caicó, rendeu a apreensão de arma de fogo, munições, cadernos com nomes de possíveis traficantes ou devedores do tráfico, dois adolescentes e a prisão de dois maiores de idade.

Foram detidos, o comerciário, Edvaldo Francisco da Silva Júnior, de 27 ano, residente na Rua João Matias da Silva, no Bairro Soledade e o entregador de feira, Francilaino da Silva Lopes, de 18 anos. Dois adolescentes, sendo um de 16 anos e outro de 17 anos, foram apreendidos.

Na casa, ainda foi apreendida uma escopeta de calibre 12 e várias munições, possivelmente, de calibre 9mm.

Informações anônimas levaram os policiais ao local que funcionava como esconderijo para o grupo que é investigado por ações criminosas em Caicó.

Conduzidos para a Delegacia, os presos e apreendidos foram autuados em flagrante e ficam agora à disposição da Justiça.

 



Operação Impacto da Polícia Civil prende mais um suspeito com armas e munições Total de 10 pessoas presas

Operação Impacto da Polícia Civil prende mais um suspeito com armas e munições
Operação Impacto da Polícia Civil prende mais um suspeito com armas e munições

Na manhã desta quinta-feira (09), foi deflagrada a 3a fase da Operação Impacto, oriunda de uma investigação da 1a. Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim, que resultou na prisão de mais um suspeito que estava com armas e munições. Desde o começo da Operação, que iniciou-se no dia 21 de fevereiro, já foram presas 10 pessoas e apreendidos dois adolescentes. O objetivo da Impacto é prender suspeitos envolvidos com os crimes de posse e porte irregular de arma de fogo, tráfico de drogas, associação criminosa e receptação que estavam agindo em Parnamirim.

O décimo homem detido na Operação foi Ney Isaías de Macedo, 48 anos, preso em flagrante na cidade de São José do Mipibu. A ação, que contou com apoio da Delegacia de São José do Mipibu e da 4a. Delegacia de Polícia de Natal, conseguiu apreender com o suspeito uma pistola e um revólver, além de vasta quantidade de munições dos calibres 157, 380, 26 e 38. “Ney Isaías será autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo. Além disto, nós estamos investigando o envolvimento dele com o crime de comércio ilegal de arma de fogo”, afirmou o delegado Júlio Lima.

Continue lendo