Thiago Silva rebate Messi: A gente não tem cinco estrelas à toa e nenhuma delas foi roubada

A declaração do zagueiro da seleção Thiago Silva, rebatendo o que disse Lionel Messi, quando afirmou que a Copa América estava armada para o Brasil, foram contundentes e felizes.

Ele disse que o pentacampeonato mundial, por exemplo, foi conquistado jogando, ganhando, em campo e que por isso é preciso respeitar a camisa canarinha.

Veja a fala do jogador brasileiro que é destaque no portal Globo Esporte:

Isso é difícil de a gente comentar porque algumas vezes quando tem alguma derrota a gente procura tirar o foco da gente para jogar nos outros. Eu acho que ele não falou por maldade, mas a gente fica triste porque, tanto no jogo que nós perdemos de 6 a 1 para o Barcelona (pelo PSG) teve atuação do árbitro que, do meu modo de ver, foi ridícula. Mas, nós não demos declaração de que estava encaminhado para o Barcelona. Eu acho que a gente tem que respeitar a história. A gente não tem cinco estrelas à toa e nenhuma delas foi roubada. Foi jogada dentro de campo. –

As declarações do atacante do Barcelona, foram dadas após a derrota da seleção da Argentina, na Copa América 2019, disputado no Brasil.

*Com informações do GE



Brasil e Argentina decidem hoje quem vai à final da Copa América

Técnico Tite mantém segredo sobre escalação – (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O Brasil e a Argentina abrem na noite de hoje (2) a rodada semifinal da Copa América, que será concluída amanhã (3) entre Chile e Peru. Ao falar sobre a partida, o treinador Tite preferiu manter segredo sobre a escalação da seleção brasileira, não confirmando a presença do lateral esquerdo Felipe Luís. O jogador se recupera de dores musculares na coxa direita. O técnico optou por elogiar o comportamento da torcida mineira em relação à seleção.

Vai ser um grande espetáculo. Se a torcida puder trazer todo esse carinho que estamos recebendo desde que a gente chegou aqui em Belo Horizonte para dentro do estádio, nós seremos muito gratos. O Mineirão foi o lugar onde nós recebemos mais carinho do torcedor”, disse Tite ao lembrar a vitória do Brasil sobre a Argentina por 3 a 0 nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, em 2016.

O jogo desta noite, às 21h30, é o sexto entre o Brasil e a Argentina, no estádio do Mineirão, com ampla vantagem brasileira. São quatro vitórias e um empate.

*Agência Brasil



Jogos de hoje definem mais dois semifinalistas da Copa América

Argentina tenta passar para a próxima fase da Copa América 2019 – (Foto: Site da Fifa)

Agência Brasil – As partidas da Copa América de hoje (28) definem mais dois semifinalistas do torneio continental. Às 16h, a Argentina enfrenta a Venezuela, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Mais tarde, às 20h, na Arena Corinthians, em São Paulo, será a vez de Colômbia e Chile disputarem mais uma vaga. Agora, os jogos são eliminatórios.

Com dois títulos mundiais (1978 e 1986) e 14 títulos sul-americanos (sendo o último em 1993), a tradicional equipe argentina enfrenta a Venezuela, que nunca conquistou uma Copa América  e é a única seleção membro da Conmebol (Confederação Sul-Americana) que nunca participou de uma Copa do Mundo, mas que tem mostrado evolução no futebol.

Nos últimos quatro confrontos, desde 2016, foram dois empates e uma vitória para cada equipe. O jogo mais recente foi um amistoso em Madri (Espanha) em março deste ano, em que a Venezuela venceu por 3 a 1.

Continue lendo



Em jogo sofrido, Messi marca e ressuscita a Argentina na Copa

Como todos os jogos da Argentina na Copa do Mundo da Rússia até agora, foi sofrido. A seleção liderada por Messi passou sufoco, fez o gol da vitória no final da partida e venceu a Nigéria por 2 x 1. O camisa 10 não jogou bem, mas fez o necessário. Começou a partida assumindo a responsabilidade e marcou o primeiro gol do jogo. Ficou sumido durante todo o segundo tempo, mas assumiu a responsabilidade no final, quando o time precisava segurar a vitória.

A Argentina avança às oitavas jogando com vontade, raça, mas sem organização tática, além de uma defesa insegura. Enfrentam a França no próximo sábado (30) e este será o maior desafio até agora para as duas seleções. A França, que passou de fase sem sustos, não foi testada até agora.

*Da Agência Brasil



Messi perde pênalti; Argentina e Islândia empatam

Messi perdeu pênalti e Argentina empata – (Foto: Site da Fifa)

A Argentina dependia de Messi e saiu frustrada. O camisa 10 teve a chance da vitória em uma cobrança de pênalti, mas a bola parou nas mãos do goleiro Halldorsson. Do outro lado, a Islândia estreava em Copas do Mundo com um empate heroico contra os vice-campeões do mundo.

Foi um primeiro tempo com mais volume de jogo da Argentina e muita posse de bola, 74%. Mas a Islândia não abria mão de jogar. Com marcação firme, mas leal, os vikings assustaram em várias oportunidades, diante de uma defesa argentina afobada.

Continue lendo