Arrecadação própria do RN registra crescimento de 20% em novembro

Arrecadação do Estado tem alta em novembro

As receitas próprias do Rio Grande do Norte atingiram, em novembro, um volume de R$ 618 milhões, o que representa um crescimento superior a 20% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o estado arrecadou R$ 513 milhões. A alta foi provocada pelo aumento de 19% da arrecadação do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), que acumulou R$ 593 milhões.

O montante teve um acréscimo significativo devido às adesões ao Programa de Regularização Tributação (Refis 2020), que teve 3,7 mil adesões de empresas. Os dados constam na 14ª edição do Boletim Mensal da Receita Estadual, divulgado nesta quinta-feira (10) pela Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN). 

O informativo está disponível Aqui.


Arrecadação encolhe 18,3% e RN perde R$ 77 milhões

Gráfico mostra queda na arrecadação

Com o isolamento social, a arrecadação de tributos no Rio Grande do Norte  encolheu 18,3%, no mês de maio deste ano, em comparação ao mesmo período de 2019. Em valores, o Estado perdeu R$ 77 milhões no mês passado.   No mês anterior, essa redução havia sido de 15%, indicando a tendência de diminuição do volume mensal arrecadado.

A baixa foi puxada pela queda de 16% no recolhimento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). O volume recolhido desse imposto em maio deste ano foi de R$ 374 milhões, ante R$ 443 milhões, no referido mês do ano passado, impactando diretamente na arrecadação global do RN.

Os dados estão na sétima edição do Boletim Semanal da Atividade Econômica, divulgada na tarde desta sexta-feira (5) pela Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN). A publicação reúne informações sobre os principais indicadores das operações comerciais realizadas no estado.  O objetivo do informativo é acompanhar semanalmente os impactos das medidas de combate à pandemia da Covid-19 na economia potiguar. O boletim traz O material está disponível para download no site da SET-RN.

*Leia a matéria completa da Tribuna do Norte, aqui


Arrecadação de ICMS no Rio Grande do Norte ultrapassa R$ 5 bilhões

RN tem record de arrecadação de ICMS

O Rio Grande do Norte conseguiu arrecadar em 2017 mais de R$ 5 bilhões com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O valor é 5,1% maior que o arrecadado no ano anterior, quando o estado atingiu a arrecadação desse imposto da ordem de R$ 4,7 bilhões, aumento superior à inflação medida no período, que foi de 2,95%.

Nos últimos cinco anos, o recolhimento de ICMS teve um crescimento nominal de 27,4%, de acordo com informações do Portal da Transparência.

Continue lendo