Exame do idoso de São Rafael que morreu antes de ser transferido para UTI, deu positivo para Covid-19

Asclepíades Jales estava com Covid-19

O exame feito no idoso de 80 anos, Asclepíades Jales de Macedo, da cidade de São Rafael/RN, que morreu na noite de quarta-feira, dia 20 de maio, deu positivo para Covid-19.

O resultado saiu nesta segunda-feira (25).

O paciente morreu quando estava sendo preparado para ser transferido para Caicó, aonde seria internado em leito crítico do Hospital Regional.

O prefeito de São Rafael, Reno Marinho, em contato com o Blog Sidney Silva, disse que os familiares de Asclepíades Jales, estão sendo monitorados pela Secretaria de Saúde.


Francielle Lopes: “Regulação de Mossoró não interage com a Estadual”

Fala da caicoense foi em relação a morte de Asclepíades Jales, que era genro de seu tio. Ela ainda disse que o prefeito de São Rafael, Reno Marinho, se equivocou ao criticar o secretário adjunto

Francielle Lopes acompanhou o caso de perto

Familiares de Asclepíades Jales, de 80 anos, que morreu na noite desta quarta-feira (21), por falta de um leito de UTI, haja vista o seu quadro grave de saúde, ainda procura respostas para o que aconteceu.

A caicoense, Franciele Lopes, que é sobrinha do genro de Asclepíades Jales, procurou o Blog Sidney Silva e disse que ficou sabendo do adoecimento e do agravamento do quadro de saúde de Asclepíades na terça-feira (19) e que foi em busca de respostas quanto ao fato do paciente ainda não ter sido internado leito de UTI.

Sobre a entrevista que o prefeito de São Rafael, Reno Marinho, concedeu no programa Cidade Alerta, da Rural FM 102,7, falando sobre o caso e criticando a burocracia na regulação, Francielle Lopes disse que de fato, não existe uma central única de regulação no estado, mas, uma regionalização, que foi criada para que a região tivesse autonomia e resolutividade.

Ele está completamente equivocado quando desmente a fala do Petrônio Spnelli. Prova disso é que assim que o nome de seu Asclepíades entrou no sistema da SESAP, ele foi para Caicó, independente de Regional. Essa situação deixou clara que a regulação de Mossoró não interage com a Estadual. Vale lembrar que, mais uma prova de que a regionalização não está acima das vidas e não se limita e se encerra ao território, Caicó já recebeu um paciente de Caraúbas! Que pertence também à Regional de Mossoró” afirma.

E seguiu dizendo que “outra prova consistente disso é que, existe um fluxo de Mossoró para a Capital, quando a regional de Mossoró não consegue resolver. Esse fluxo não se limita sequer ao território do estado. Pode existir até pactuação interestadual, quiçá inter-regional!“.

Ela finalizou fazendo dois questionamentos:

Quem teria que ter solicitado a regulação para a central estadual, era, São Rafael ou Mossoró??

Quem solicitou a regulação do paciente de Caraúbas para o Hospital Regional de Caicó, foi a Secretaria do Município de Caraúbas ou foi Mossoró??


ENTREVISTA: Prefeito de São Rafael culpou “burocracia” pela morte de paciente com sintomas suspeitos de Covid-19

Prefeito de São Rafael, Reno Marinho, disse que paciente foi regulado ainda na segunda-feira, dia 18

O prefeito da cidade de São Rafael, Reno Marinho, disse em entrevista na Rural FM 102,7, nesta quinta-feira (21), que a morte do paciente Asclepíades Jales, de 80 anos, ocorrida na noite de quarta, antes de ser encaminhado para um leito de UTI em Caicó, foi culpa do que ele chamou de “burocracia burra”.

O paciente, segundo o gestor, foi regulado para ser internado em um leito crítico no Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, ainda na segunda-feira, mas a unidade não dispunha da vaga. Ele foi colocado em uma lista de espera. Somente na tarde de quarta-feira, dia 20, por causa da mobilização de familiares, é que o paciente entrou na regulação da Sesap e por isso seria encaminhado para um leito de UTI em Caicó.

Em Caicó, duranta toda a semana, o Hospital Regional do Seridó, estava dispondo de leito.

Outra pergunta é, porque a regulação de Mossoró não repassou o paciente para o sistema da Sesap com a antecedência necessária.

O prefeito Reno, disse ainda que lamenta a morte de Asclepíades Jales, que era uma homem conhecido na cidade.


Morre paciente de São Rafael com sintomas suspeitos de Covid-19

Samu ainda tentou transferir o paciente para Caicó

O paciente ao qual nos referimos no post anterior, Asclepíades Jales de Macedo, de 80 anos, morreu na noite desta quarta-feira (20), antes mesmo de ser removido para a UTI do Hospital Regional do Seridó em Caicó. Uma unidade do Samu já estava na unidade hospitalar de São Rafael, mas, o paciente não resistiu.

A vaga no Hospital de Caicó surgiu quando o nome dele entrou no sistema de regulação, o que só aconteceu por volta das 15hs28min desta quarta.

Ao que parece, houve erro no ingresso das informações do paciente na unidade solicitante, uma demora excessiva.

O senhor Asclepíades Jales de Macedo, tinha sintomas suspeitos de Covid-19 e foi feito o teste, mas, ainda era aguardado o resultado do exame.