Denúncia do MPF resulta em condenação de quadrilha de assaltantes dos Correios no RN

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a condenação de nove integrantes de uma quadrilha envolvida em diversos roubos a agências dos Correios no Rio Grande do Norte. Eles estão direta ou indiretamente envolvidos em assaltos ocorridos em Pedra Preta, Fernando Pedrosa, Pedro Avelino, Serrinha e Ceará-Mirim, que totalizaram mais de R$ 500 mil em prejuízos.

Em 2 de fevereiro de 2015, por volta das 8h30 da manhã, José Erenilson Soares (o “Neném”) e Jesus Alisson Cavalcante invadiram a agência de Pedra Petra. Os assaltantes pretendiam roubar o dinheiro que se encontrava no cofre da unidade, quando foram surpreendidos por policiais militares. Eles trocaram tiros com a polícia e, com dois clientes como reféns, fugiram na viatura da PM.

Continue lendo



VÍDEO: Polícia Civil solicita ajuda da população para enviar informações sobre assaltantes de bancos

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) divulgou, nesta terça-feira (28), imagens de três homens que são suspeitos de terem arrombado cofres, no dia 06 de novembro, da agência do Banco do Brasil, localizada à avenida Jaguarari, no bairro Alecrim, zona Leste de Natal. A Polícia Civil precisa descobrir se Alexandro Wagner Moreira, 44 anos; Jocelito Alves Moreira,36 anos e Sergino Constante da Silva Júnior, 38 anos, ficaram hospedados em algum estabelecimento como hotel, pousada ou flat no Rio Grande do Norte, entre os dias 04 e 07 de novembro. Os três homens estão presos em Fortaleza, desde o último dia 17.

Continue lendo



Três bandidos mortos em confronto com PM são identificados no ITEP

A Tribuna do Norte destaca que o Itep identificou três dos quatro bandidos mortos em confronto com a Polícia Militar na divisa entre Paraíba e Rio Grande do Norte. Os criminosos haviam explodido agência em Brejo do Cruz, no interior paraibano, e foram mortos na tarde do domingo (3) durante o tiroteio com policiais. Os identificados são potiguares.

Herbyson de Paiva Azevedo, de 22 anos, Francisco Cleber da Silva, de 32, e Erick Jhony Apolinário Silva, de 25. Todos já tiveram os corpos liberados. Um cadáver ainda não foi identificado.

A Polícia apreendeu ainda oito armas com os bandidos, sendo três fuzis e três espingardas calibre 12, e também explosivos e coletes balísticos.



PF desarticula quadrilha suspeita de roubos contra os Correios e explosões de caixas eletrônicos no RN

Assaltantes troca tiros com vigilante de agência

Policiais Federais da Superintendência Regional de Natal e da Delegacia de Mossoró concluíram nesta terça-feira (23/5), a Operação Oriente, deflagrada no último final de semana visando desarticular uma quadrilha suspeita de praticar diversos roubos contra agências dos Correios e, também, explosões de caixas eletrônicos em cidades do interior do Rio Grande do Norte e do Ceará.

Ao longo da operação, a PF conseguiu capturar sete pessoas, a maioria delas em São Gonçalo do Amarante e Parnamirim, região metropolitana de Natal, e apreendeu um menor que fazia parte do bando, o qual agia como “olheiro” ou seja, entrava nas agências sem levantar suspeitas, observava o movimento e depois repassava as informações para que o restante do bando pudesse agir.

Entre os detidos estão quatro acusados da tentativa de assalto ocorrida em 29.03.2017 contra a agência dos Correios de Jandaíra/RN. Naquele dia, dois deles adentraram inicialmente na agência, se passando por clientes. Pouco minutos depois, saíram e outros dois comparsas tentaram passar pela porta giratória, porém, o vigilante percebeu a ação e correu para o interior da agência. Houve troca de tiros com um dos acusados que estava armado com uma pistola. Os homens fugiram sem nada levar.

A investigação visando identificar e prender os membros dessa quadrilha teve prosseguimento no dia de hoje com a detenção na cidade de Mossoró de um suspeito de ter participado em 08.03.2017 de um furto, mediante o uso de explosivo, contra a agência do Banco do Brasil da cidade de Icapuí/CE.

Com as provas colhidas durante o cumprimento dos mandados judiciais e, ainda, após o interrogatório dos presos, surgiram indícios da participação de alguns deles em outras ocorrências criminosas, como no ataque ocorrido contra as agências do Bradesco e do Banco do Brasil da cidade de Jaguaruana/CE, que foi sitiada em 01.04.2017 por uma quadrilha calculada em mais de 20 homens fortemente armados, ocasião em que houve enfrentamento e na troca de tiros com a Polícia Federal, Polícia Civil (RN) e PM/RN, resultou na morte de seis assaltantes e na prisão de outros cinco.

Os acusados presos na Operação Oriente estão custodiados no Sistema Penitenciário do RN onde permanecem à disposição da Justiça. Já o menor, foi encaminhado à Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA).