Sinpol convoca policiais civis para assembleia nesta segunda em Natal

Sinpol convoca policiais para Assembleia

O Sinpol está convocando todos os Policiais Civis (ativos e aposentados) para participarem de assembleia geral prevista para acontecer em sua sede às 15h, desta segunda-feira, (15).

A Diretoria do Sindicato ressalta que os pagamentos dos aposentados e pensionistas não têm data para serem efetivados. O 13º salário também não tem mais data certa para ser viabilizado. Além disso, existe um termo de acordo assinado pelo Governo (com 11 pautas) e há uma tendência de descumprimento de todas.

Vamos mostrar a força e a importância dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte“, declara Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.



Delegados e escrivães prometem lotar galerias da Assembleia nesta quinta-feira

Delegados e escrivães de Polícia estarão nesta quinta-feira, 21, nas galerias da Assembleia Legislativa para acompanhar a votação que vai definir a autorização do empréstimo que o Governo do Estado deseja contratar junto à Caixa Econômica Federal.

Os delegados querem acompanhar a votação e saber o valor que os deputados estaduais irão destinar para melhorar a estrutura e funcionamento da Polícia Civil, além de agradecer-lhes o apoio que receberam para a melhoria da Segurança Pública.

A Adepol (Associação dos Delegados de Polícia Civil) manteve contato com vários deputados e ouviu palavras de apoio na Assembleia Legislativa, de que a Polícia Civil seria contemplada com investimentos dentro do plano de gastos dos quase R$ 700 milhões pretendidos pelo Executivo.

No começo, quando o Governo enviou o projeto para a Assembleia, não estava previsto nada para a Polícia Civil. Ao percebermos que a polícia investigativa ficaria mais uma vez sem recursos, mesmo passando pelo momento mais dramático de sua história no tocante à falta de efetivo e de instrumentos de trabalho, nos mobilizamos e fomos até os deputados, que garantiram influir para que uma parte dos recursos seja destinada à reforma das delegacias e aquisição de veículos”, explica a delegada presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil, Adepol, Paoulla Maués.

Ainda no tocante a campanha, é importante frisar a quantidade de manifestações de apoio que os delegados e escrivães obtiveram de prefeitos, vereadores, imprensa e sociedade quando souberam que não estava originariamente nos planos do empréstimo, a destinação de recursos para a polícia que sofre com o maior sucateamento da história!

Todos os segmentos da sociedade se sensibilizaram com a causa e ficaram perplexos com a ausência de previsão de investimentos na polícia civil. Não há como reduzir os índices de violência, sem fortalecer a polícia civil! E isso será corrigido pelos Deputados nesta votação!”, confia a delegada Paoulla Maués, presidente da ADEPOL.



Policia Civil do RN pode parar nesta quarta-feira (21)

Polícia Civil decide hoje se faz paralização geral no RN

Policiais Civis do Rio Grande do Norte decidem nesta quarta-feira (21) sobre um indicativo de greve contra atrasos de salários do Governo Estadual. A medida será decidida em assembléia geral extraordinária. A assembleia está programada para às 08 horas na sede do Sindicato da categoria, em Natal.

Convocação

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado do RN convoca todos os Policiais Civis a comparecerem a ASSEMBLÉIA GERAL  EXTRAORDINÁRIA a ser realizada no dia 21 de junho de 2017 (quarta-feira), às 08 horas, em primeira convocação, e às 08 horas e 30 minutos em segunda convocação, com a presença de qualquer número de presentes, a ser realizada no Auditório deste Sindicato, localizado na Avenida Rio Branco, 825 –  nesta capital, em conformidade com o art. 16, § 3º e Art. 18, inciso I do Estatuto do SINPOL/RN, para deliberar sobre indicativo de greve contra o atraso dos salários.


Agentes da Polícia Federal realizam Ato Público e decretam estado de greve

Agentes da Polícia Federal realizam Ato Público e decretam estado de greve

Na manhã desta quarta-feira (05), o Sinpef-RN realizou uma Assembleia (ato público) em frente a Superintendência da Polícia Federal, em Natal. Durante o ato, o Sinpef-RN aprovou por unanimidade a decretação do Estado de Greve, em protesto contra a PEC 287, que acaba com a Aposentadoria Policial e com o direito de todos os brasileiros se aposentarem.

Ressalte-se que estranhamente, na mesma data, o STF proíbe greve de policiais em todo o Brasil. Mesmo assim, manteremos nossa determinação em lutar contra a PEC287, utilizando outros meios legais“, observou o presidente do Sinpef-RN, José Antônio Aquino.