Câmara de Caicó se soma à luta pela manutenção da UERN

Audiência pública na Câmara de Vereadores tratou sobre conquistas e lutas da UERN em Caicó

A Câmara de Vereadores de Caicó discutiu na tarde desta segunda-feira (16), a situação da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Proposta pelos Vereadores José Rangel e Lobão Filho, a audiência reuniu diversas pessoas que se somam a luta pela manutenção deste instrumento de inclusão e acesso de milhares de jovens ao ensino superior.

De acordo com Rangel, o debate foi muito proveitoso e a Casa pode dar o seu apoio a UERN na sua independência financeira.

A reunião contou com a participação do diretor do campus da UERN – Álvaro Inácio, que explanou a situação vivenciada na Universidade e o desejo pela Autonomia Financeira. Álvaro ainda aproveitou para agradecer ao empenho dos vereadores que se somam a luta pela defesa da Universidade.

Para o presidente da Câmara de Vereadores de Caicó, Odair Diniz a audiência foi de suma importância da instituição que mais realiza ações no Rio Grande do Norte. “A UERN é a responsável pela formação de milhares de profissionais de várias áreas, principalmente da educação básica, que forneceu ao longo dos anos, e continua fornecendo, os profissionais das redes municipais do interior do Estado, dos profissionais do Estado”, disse.

Participaram ainda da audiência pública padre Francisco Costa ( representado a Diocese de Caicó); Sandra Kelly ( diretora do Ceres/Caicó); Alexandro Diógenes( diretor do IFRN); Lúcia Clemente (secretária de educação do município); Galileu Galilei ( membro da UERN Caicó), além de outros participantes.



População de Caicó apresenta reivindicações a representantes do MPRN

MPRN realizou audiência pública em Caicó para ouvir população

Representantes da população de Caicó apresentaram diversas reivindicações e sugestões diretamente à Corregedoria-geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte, em audiência pública realizada na manhã desta quinta-feira (20), no auditório da sede das Promotorias de Justiça de Caicó. O evento faz parte de um modelo de atuação que busca ser mais pró-ativo, tentando desenvolver o trabalho com foco no cidadão e na resolutividade.

A coordenadora das Promotorias de Caicó, Uliana Lemos, acredita que a audiência pública aproxima a população do Ministério Público. “O público se sentiu muito à vontade para fazer suas reivindicações e sugestões sobre a atuação do MPRN”, destacou. Ao mesmo tempo, a Corregedoria também teve a oportunidade de analisar a situação das Promotorias no município. “A nossa demanda é grande e por isso precisamos desse suporte da Corregedoria para conseguir dar uma boa resposta à sociedade”, completou.

O diácono Wilton Moreira, coordenador da Pastoral Carcerária, elogiou o espaço de diálogo que foi oferecido à população com a realização da audiência pública. “Precisamos de mais momentos como esse para que a sociedade possa se pronunciar e também ouvir das autoridades o retorno necessário”, disse.

Continue lendo



Corregedoria do MPRN promove audiência pública para ouvir população de Caicó

Corregedor-geral do MPRN realiza audiência com população em Caicó

Nesta quinta-feira (20), a população de Caicó terá a oportunidade de levar suas demandas, críticas, elogios e sugestões sobre o trabalho do Ministério Público do Rio Grande do Norte diretamente para o corregedor-geral da instituição. Esse momento de interação com os cidadãos faz parte de um modelo de atuação que busca ser mais pró-ativo, tentando desenvolver o trabalho com foco no cidadão e na resolutividade.

O encontro será uma audiência pública que acontecerá no auditório da sede das Promotorias de Justiça de Caicó, a partir das 9h. Durante o evento, qualquer cidadão poderá apresentar suas demandas; ou, se for o caso, buscar um atendimento particularizado com a equipe da Corregedoria-Geral do MPRN.

Nosso objetivo é reforçar essa interface entre o promotor de Justiça e o cidadão”, destaca o corregedor-geral do MPRN, Anísio Marinho. Para ele, esses momentos servem tanto para conscientizar a população quanto os membros do Ministério Público sobre o modelo de atuação cada vez mais próxima da população, com foco sempre na resolutividade. “Resolutividade é buscar mais eficiência na atuação extrajudicial das Promotorias de Justiça, desafogando as demandas judicializadas e buscando soluções mais rápidas e efetivas”, explica o corregedor-geral.

Continue lendo



Caravana da Águas terminou em Caicó com a Adese entregando a “Carta do Seridó”

Carta do Seridó com reivindicações foi entregue no final da Caravana das Águas

Após comemorar em Pau dos Ferros a notícia da autorização pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para a retomada das obras do eixo norte do Projeto de Transposição do São Francisco, a Caravana das Águas celebrou outra importante conquista durante a audiência pública em Caicó, no final da tarde desta terça-feira (20): a assinatura no Ministério Nacional da Integração do Projeto Executivo para a conclusão das obras do Eixo Norte.

Com isso, é esperado que dentro de um mês, as obras sejam retomadas pelo consórcio Emsa-Siton. O contrato com os vencedores da licitação, o Consórcio Emsa-Siton, estava suspenso há mais de um ano. A previsão era de que as águas do rio São Francisco corressem pelas estruturas físicas de todo o Eixo Norte e chegassem aos beneficiados ainda neste ano.

Continue lendo



Assembleia Legislativa discutiu formas de combate ao suicídio

Deputado Vivaldo Costa presidiu os trabalhos da audiência pública sobre suicídio na ALRN – (Foto: Ney Douglas)

A valorização da vida e os desafios no enfrentamento do suicídio foram debatidos nesta terça-feira (20), no Legislativo Potiguar. A audiência pública, proposta pelo deputado Vivaldo Costa (PROS), revelou as dificuldades encontradas por pacientes psiquiátricos e discutiu formas de auxílio, tanto por parte dos profissionais da saúde quanto dos gestores públicos, no combate à depressão e ao suicídio, no Rio Grande do Norte.

Esse é um problema sério no nosso estado, porque não há apoio à população. Foram fechados hospitais psiquiátricos e não foram colocadas em prática as soluções alternativas. Devemos debater amplamente o tema da depressão e do suicídio, principalmente nas escolas, porque estão atingindo cada vez mais nossos jovens. Aqui no RN, além de aumentar o número de médicos psiquiatras e de criar políticas públicas de combate ao suicídio, é preciso, primordialmente, disponibilizar o serviço já existente. As pessoas vão num pronto socorro, com queixa psiquiátrica, e o médico generalista diz que não pode fazer nada, pois não é especialista”, destacou o parlamentar.

O médico psiquiatra Salomão Gurgel explicou que a dor psíquica é muito maior que a física. “Quantos doentes mentais, na tentativa de fugir da dor psíquica, cortam membros, orelha etc? E, segundo relatos de pessoas que já tentaram suicídio, no momento de um tiro ou de um enforcamento, elas nem sentem a dor física”. Ainda de acordo com o doutor Salomão, dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que a taxa global de suicídio é de 16 casos a cada 100.000 habitantes. Além disso, segundo a OMS, até o ano de 2020, o número estimado de mortos por suicídio no planeta será de mais de 1,5 milhão de pessoas.

Continue lendo



Vivaldo promove audiência pública para debater prevenção ao suicídio

Vivaldo promove audiência pública para debater prevenção ao suicídio

O índice de suicídio entre os jovens será debatido na Assembleia Legislativa durante audiência pública nesta terça-feira (20), a partir das 14h30. Proposto pelo deputado Vivaldo Costa (PROS), o debate contará com a participação de especialistas e tem como objetivo principal desmistificar o assunto, primeiro passo para alertar as autoridades e a população em geral sobre a realidade do problema no Estado.

Quanto mais se discutir o tema suicídio e quanto mais informação se levar à população, poderemos evitar o problema. Na capital, a quantidade de psiquiatras é insuficiente para atender a demanda, portanto é necessário que as secretarias de saúde tenham atenção ao problema, junto com seus médicos e especialistas”, alertou o deputado.

O papel que cabe ao Poder Público na prevenção ao suicídio também entrará em pauta, assim como uma análise de estatísticas locais referentes à depressão, uma das suas principais causas.

Recentemente, o suicídio entre jovens ganhou espaço nas rodas de conversas e na mídia, em razão do jogo virtual “Baleia Azul” e da série de TV “13 Reasons Why”, da Netflix. O primeiro tem origem russa e consiste numa sequência de desafios enviados por meio da internet. Esses desafios levaram adolescentes no mundo inteiro à automutilação e, em alguns casos, a tirar a própria vida.



Vivaldo Costa discutirá prevenção ao suicídio em Audiência Pública na ALRN

Audiência Pública proposta pelo deputado Vivaldo Costa vai discutir a prevenção ao suicídio

Já tem data definida a Audiência Pública protocolada pelo deputado Vivaldo Costa (PROS) no plenário da Assembleia Legislativa que discutirá a prevenção ao suicídio. Preocupado com o alto número de casos de suicídio no Rio Grande do Norte e na região do Seridó, o parlamentar marcou para 20 de junho, as 14hs30min, um debate sobre a temática.

Convites estão sendo encaminhados para autoridades que lutam pela causa. Um dos nomes que Vivaldo adiantou que deseja muito que esteja presente é o do Bispo da Diocese de Caicó, Dom Antônio, que tem um trabalho muito consistente no assunto.



Câmara de Caicó discute sobre implantação de energia solar em Caicó

A Câmara de Vereadores de Caicó realizou na noite desta quinta-feira (11) uma sessão pública para tratar sobre a implantação de energia solar em Caicó. Proposta pelo vereador José Rangel, o evento reuniu secretários do município, Vereadores, representantes do Sebrae, IFRN, Banco do Nordeste, Senai e outros setores.

A explanação sobre o projeto ficou por conta do senhor Rogério Marcos que explicou como funciona passo a passo a geração de energia fotovoltaica produzida através da absorção da luz solar, além de pontos técnicos ligados a durabilidade do equipamento, investimento, sem esquecer também da questão ambiental.

O gerente de negócios do Banco do Nordeste, Bruno Rangel, falou da carteira de crédito aberta para o investimento que apresenta prazo de pagamento de 12 anos, com carência de 6 meses até um ano para começar a pagar.

Continue lendo



Câmara fará audiência pública para discutir viabilidade de energia solar para Caicó

Vereador José Rangel propôs a audiência pública para tratar da viabilidade de implantar energia solar em Caicó

A câmara de Vereadores de Caicó realizará na próxima quinta-feira (11), a partir das 19h uma importante audiência pública para tratar da viabilidade da implantação de energia solar nos prédios públicos e em residências do município. De autoria do vereador José Rangel o projeto de energia solar é pioneiro no Brasil e só trará benefícios para a gestão que irá economizar e consequentemente gerar importantes ganhos ambientais.

Rangel explicou que um dos pontos debatidos sobre a energia solar é o custo da matéria-prima, mas a alternativa não pode ser vista como uma despesa e sim como investimento, já que estará preservando acima de tudo a água que é de suma importância para a região.

Além dos benefícios já citados, há relevantes ganhos, como a redução dos gastos na conta de luz , a descentralização na geração de energia, entre outros, em que sistemas caseiros não concorrem com equipamentos industrializados.